Windows 10 está prestes a ultrapassar a quota de mercado do Windows 8

EscritórioSistemas Operacionais

O mais recente sistema operaticional da Microsoft, o tão falado Windows 10, cresceu mais em duas semanas do que o seu antecessor nos primeiros seis meses.

O último membro da família Windows e o primeiro a funcionar como um serviço (as a Service) já marca presença em cerca de 27 milhões de máquinas, de acordo com os analistas da StatCounter citados pelo The Inquirer. Este número corresponde a uma fatia de mercado de 3,78 por cento, o que compara com uma porção de 0,39 por cento no início deste mês.

Dado o desempenho do Windows 10 até ao momento, existe uma forte possibilidade de este sistema ultrapassar a quota de mercado do Windows 8 já no primeiro mês.

Em julho, a quota combinada de todas as versões de Windows 8 chegava aos 15,86 por cento. Diz o The Inquirer que este sistema pode rapidamente ser ultrapassado pelo Windows 10 já que ainda há muitos utilizadores à espera de fazer a atualização.

Em declarações à BIT, na ocasião do lançamento do novo sistema, o diretor-geral da Microsoft Portugal, João Couto, disse que o Windows 10 “pretende ser o mais universal possível, correr em todos os dispositivos, desde celulares, tablets, PCs e laptops”.

A atualização para o Windows 10 é gratuita durante os primeiros 12 meses após o seu lançamento, que ocorreu no dia 29 de julho deste ano. Portanto, pode passar-se gratuitamente de Windows 7, 8 e 8.1 para o 10 até dia 29 de julho de 2016.

* Teresa Souza é jornalista da B!T Portugal


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor