Alcatel-Lucent reforça solução de gerenciamento de rede OmniVista 2500

Gestão de RedesRedes

A nova versão da solução de análise de redes da Alcatel-Lucent, a OmniVista 2500 NMS, oferece aos responsáveis de TI uma maior visibilidade sobre a infraestrutura. Com um maior e mais preciso entendimento sobre o desempenho da rede, os CIO podem melhorar a experiência dos usuários.

A OmniVista 2500 NMS, como o próprio nome sugere, permite obter uma visão mais abrangente e aprofundada do funcionamento da rede, através de ferramentas de relatórios de desempenho de rede e de seus aplicativos, e de relatórios preditivos.

Fontes oficiais da Alcatel-Lucent dizem, em nota, que a OmniVista permite que os departamentos de TI deixem de agir após o acontecimento, ou seja, abordagens reativas, e passem a adotar uma postura proativa, se antecipando às ocorrências. Desta forma, podem ser garantidos serviços mais eficientes e rentáveis e fortalecendo a experiência de utilização da rede.

“A análise preditiva é capaz de aprender constantemente e, com isso, prever o comportamento da rede com meses de antecipação. Com esse tipo de informação, a TI pode otimizar o desempenho e planejar com mais assertividade as expansões futuras”, diz a Alcatel-Lucent.

A OmniVista notifica o diretor de TI e a sua equipe sempre que o funcionamento da rede se desviar da norma desejada, o que poderá indicar uma anomalia na infraestrutura, resultado, por exemplo, de um ataque cibernético.

Essa solução se enquadra na linha de produtos de gerenciamento unificado da fabricante francesa. “Os recursos de gerenciamento unificado simplificam a instalação, a gestão e a resolução de problemas de toda a rede ao reduzir a sobrecarga da TI e ao suportar a crescente utilização de aplicações e aparelhos pessoais (BYOD) ou corporativos na rede”, refere a tecnológica, em comunicado.

* Filipe Pimentel é jornalista da B!T em Portugal


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor