Certisign e OneBuy firmam sociedade em Identificação Digital

EmpresasFinançasNegóciosStartup

A Autoridade Certificadora adquiriu parte da empresa com o objetivo de ampliar cada vez mais sua participação nesse mercado. Agora, integra-se à startup, desenvolvedora da solução de cadastro único, que permite ao usuário comprar em diversos sites com apenas alguns cliques.

“Hoje, a Certisign é muito mais do que Certificação Digital, é uma empresa de Identificação Digital. De fato, a nossa representatividade no mercado de Certificação é muito forte e vamos continuar a trabalhar para manter a liderança, mas, no momento, também estamos investindo em outros projetos, como esse da OneBuy“, explica Julio Cosentino, vice-presidente da Certisign.

Cosentino diz que a Certisign está investindo em tecnologias de identificação seguindo três pilares interligados: Autenticação, Mobilidade e Payments. A meta da empresa é oferecer um portfólio de soluções de autenticação que possibilite atender diversos tipos de conversão, de acordo com a criticidade. No caso da OneBuy, a autenticação é por meio da Tokenização.

“Firmamos a sociedade com a OneBuy por conta da estratégia de posicionamento e pelo fato dela ter um produto que atende a todos os requisitos de qualidade, segurança e eficiência exigidos por nós. O raciocínio foi simples: por que desenvolver internamente se a OneBuy tem a solução completa?”, relata.

Para Edgard Pereira, sócio-fundador da startup, a sinergia entre as duas empresas traz benefícios para ambas. “A OneBuy passa a constar no portfólio de produtos da Certisign e, consequentemente, a ter acesso a uma grande base de clientes, ao mesmo tempo em que a Certisign estende sua atuação no setor de Identificação Digital”.

De acordo com a empresa, a expectativa é que a OneBuy processe R$ 100 milhões com 600 mil transações por mês em até três anos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor