Cresce uso de WhatsApp no mercado corporativo, diz Embratel

4GAppse-MarketingEmpresasMobilidadeNegóciosOperadorasRedesRedes SociaisSmartphonesTablets

A rede social WhatsApp está se tornando populat também no meio corporativo. O serviço aparece como destaque em 55% das empresas, o que comprova seu crescente uso para comunicação profissional. A constatação é do estudo “A Conectividade nas Empresas Brasileiras”, realizado pela Embratel em parceria com a consultoria Teleco. O levantamento analisou as estruturas de telecom e de TI de 400 companhias de pequeno, médio e grande porte em cinco capitais brasileiras.

“A pesquisa avaliou a adoção de dispositivos de transmissão de Dados, Internet, Voz e Mobilidade pelas companhias brasileiras, bem como suas estruturas de Telecom e de TI”, diz Marcello Miguel, diretor Executivo da Embratel.

O uso de celular corporativo também está crescendo no Brasil. O estudo apontou que 73% das empresas pesquisadas oferecem aparelhos para dos funcionários. Em 2014, apenas 43% tinham esse benefício.

A oferta de celulares para funcionários é maior na área administrativa, que responde por 38% dos aparelhos, seguida pelas áreas de vendas (23%) e comercial (21%). O uso de aplicativos corporativos atingiu 9% nas empresas e tende a evoluir, já que o mercado caminha para a mobilidade de processos.

As redes sociais foram apontadas no estudo da Embratel como canais complementares nas pesquisas, uma vez que seu uso não é prioritário na comunicação das empresas, mas são utilizadas por 81% delas para contato com clientes. O acesso dos colaboradores às mídias sociais é permitido em 40% das companhias entrevistadas.

Segundo o levantamento da Embratel, as ferramentas de Comunicação Unificada aumentaram em 13% das empresas em 2014, atingindo o patamar de 38% em 2015. As funcionalidades mais utilizadas são videoconferência (48%) e PABX (43%). Um dos principais fatores que contribuiu para o crescimento foi a disponibilidade de soluções gratuitas para videoconferência e o custo/benefício de PABX digital.

A modernização das empresas aumentou consideravelmente no que se refere à infraestrutura e ao uso de computadores com acesso à Internet, de acordo com o relatório da Embratel.  A conexão fixa está presente em 99% das empresas e 80% dos pesquisados possuem conexão banda larga.

Apenas 19% utilizam acesso via IP dedicado. Serviços de segurança apontaram um grande salto em relação a primeira edição da pesquisa.

O número de empresas que adquirem as soluções de proteção passou de 45% em 2014 para 98% em 2015. “Acreditamos que o crescimento se deve ao fato dos empresários estarem mais conscientes e receosos em relação aos eventuais cyber ataques”, diz Miguel.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor