Governo paulista lança programa de startups para inovar o Acessa SP 

InovaçãoNegóciosProjetosSetor PúblicoStartup

O governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, lançou ontem (17) a primeira edição do Pitch Gov. SP, programa para atrair iniciativas inovadoras para a solução dos desafios da administração pública, em três áreas: saúde, educação e facilidades ao cidadão.

A iniciativa incluir o Acessa SP, programa de inclusão digital do governo que já foi premiado pela Fundação Bill & Me linda Gates.

O objetivo do Pitch Gov. é selecionar 15 startups para ajudar o poder público a solucionar demandas da sociedade, com soluções criativas, ao mesmo tempo em que incentiva os pequenos empreendedores a desenvolver seus negócios.

O Acessa SP, em funcionamento há 15 anos, foi criado para oferecer acesso gratuito à Internet para a população que não dispunha desse serviço. Com a massificação da web, o governo está buscando alternativas para usar a infraestrutura do Acessa SP e oferecer novos serviços para os cidadãos. Hoje, são mais de 850 postos em funcionamento, instalados em 600 municípios paulistas.

Na solenidade de lançamento do programa, o secretário de Governo, Saulo de Castro Abreu Filho, destacou que “o governo precisa de novas cabeças para prestar melhores serviços aos cidadãos”.

Ele citou algumas das demandas da sociedade digital e informou que a Desenvolve SP (agência de fomento do governo paulista) tem um fundo para apoiar a pequena empresa e, além disso, na fase de reformulação, o Acessa SP vai oferecer um espaço físico para os pequenos empreendedores, que queiram trabalhar no modelo de coworking.

Nas três áreas foco do programa, os candidatos deverão apresentar projetos que se enquadrem nos 35 desafios propostos e serão priorizadas as soluções concretas, que já possuem protótipos funcionais. A maturidade da solução é um dos critérios de avaliação. Podem participar pessoas jurídicas com CNPJ inscritos há no máximo cinco anos.

As startups interessadas devem apresentar suas inovações até o dia 18 de outubro. As ferramentas selecionadas serão apresentadas em um evento no dia 17 de novembro, com a presença dos técnicos dos órgãos envolvidos, de grandes empreendedores de todo o país, de potenciais investidores e demais pessoas envolvidas nesse ecossistema de inovação. As 15 soluções escolhidas serão testadas durante um ano pelos órgãos públicos.

O programa com as startups foi criado pela Secretaria de Governo, em parceria com a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo) e a ABStartups – Associação Brasileira de Startups. A entidade reúne 3,5 mil empresas nascentes, que representam mais de 20 mil pequenos empreendedores. Criada em 2011, a meta da ABStartups é que o segmento gere 5% do PIB brasileiro até 2035.

As inscrições podem ser feitas pelo site do desafio.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor