Huawei terá servidores na maior plataforma privada de Big Data da Europa

Base de DadosBig DataCloudData CenterData StorageServidoresStorage

A empresa global de soluções de TIC foi a escolhida pela Criteo, fornecedora mundial de tecnologia para performance de campanhas publicitárias, para o fornecimento de 700 servidores para seu novo data center Hadoop Cluster em Pantin (Seine St Denis).

A Huawei venceu a concorrência com seu modelo FusionServer RH2288H V3, um grande número de discos de alta capacidade. O servidor RH2288H V3 permite melhor densidade de armazenamento e reduz o consumo de energia em 10% graças às inovações em design e dissipação de calor.

De acordo com a fabricante, os novos servidores da plataforma Hadoop proporcionam ganho de 30% em desempenho do processamento, melhorando assim a perfomance do Criteo Engine.

No primeiro estágio do projeto, cerca de 700 máquinas foram instaladas no data center, oferecendo mais potência de computação e armazenamento do que o Criteo Datacenter em Amsterdam – que possui um total de 1200 servidores. No longo prazo, o data center em Pantin será formado por até 5 mil servidores em 350 metros quadrados com um consumo de 2 MW de energia.

“É a maior plataforma privada Hadoop da Europa no momento”, garante Matthieu Blumberg, gerente sênior de Engenharia (operações de infraestrutura) da Criteo.

Robert Yang, executivo-chefe da Huawei Enterprise na França, diz que o objetivo da Huawei é fornecer aos seus clientes a melhor tecnologia e as melhores soluções para ajudá-los a se tornarem líderes em suas respectivas indústrias. “Estamos orgulhosos desta parceria com a Criteo. Esse é o tipo de projeto que buscamos desenvolver”, completa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor