Internet veloz chega em 80% das universidades do interior do Brasil

Mobilidade

Esse é o resultado da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), que superou a meta do Governo Federal de levar internet em alta velocidade para as universidades do interior do Brasil.

De acordo com a RNP, o número passou de 148 campi com internet banda larga, em 2012, para 980, em 2014. Dessa forma, 80% nas universidades do interior do País contam, hoje, com internet em alta velocidade.

Para o diretor-geral da RNP, Nelson Simões, trata-se de um marco importante para o desenvolvimento econômico e social do País. “Os grandes talentos não nascem apenas nas grandes cidades. Por isso, é preciso dar condições para que estudantes, professores e pesquisadores produzam ciência e tecnologia também nas universidades do interior. Não se faz ciência de forma isolada”, diz.

A meta do governo era atingir 735 campi até 2014, segundo ele, mas a parceria com estados, municípios e pequenos provedores privados permitiu que esse número fosse superado, chegando aos 980 campi do interior com banda larga.

*Com informações do MCTI


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor