Peixe Urbano ultrapassa a marca de 50% em vendas pelo celular

MobilidadeNegóciosSmartphones

É a primeira vez que a empresa brasileira de e-commerce atinge esse número e estima que ele salte para 65% até o final do ano. O celular, portanto, tornou-se o principal canal de comercialização da companhia.

De acordo com o Peixe Urbano, o número (51%) é mais do que o triplo do que era há um ano, quando 16% das vendas eram oriundas de smartphones, e mais de 12 vezes o que era há dois anos.

A empresa diz que o crescimento registrado este mês é ainda mais expressivo considerando a alta de 112% em vendas totais desde que foi adquirida pelo gigante chinês Baidu, segundo maior serviço global de buscas na web, em outubro do ano passado.

“Em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Vitória e Florianópolis o percentual de vendas pelo celular, não incluindo tablets, já ultrapassa 55%, podendo chegar a 65% em alguns casos”, diz Alex Tabor, cofundador e CEO do Peixe Urbano.

O executivo acrescenta que os números do Peixe Urbano acima da média são resultado de uma série de fatores, entre eles a maior densidade de ofertas por região e o envio de notificações com base na localização do usuário, alertando sobre ofertas próximas, disponíveis para uso imediato com o cupom digital.

“Adquirimos muito conhecimento do Baidu e de uma de suas empresas investidas, o Nuomi, plataforma de e-commerce local chinesa”, diz o executivo. “A China ultrapassou 30% de aceitação de smartphones em 2013, mesmo ano que o mercado de e-commerce local começou a decolar. No Brasil, estamos apenas este ano superando essa marca e já podemos observar um impacto similar em nosso segmento”, complementa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor