Quase metade dos brasileiros acessa internet pelo celular

4GLaptopsMobilidadeSmartphonesTablets

O acesso internet pelo celular no Brasil cresceu significativamente no Brasil. O percentual de brasileiros com 10 anos ou mais que navegou na rede por meio do aparelho mais do que triplicou nos últimos três anos: em 2011, essa proporção era de 15%, chegando a 47% em 2014, o que representa, em números absolutos, 81,5 milhões de pessoas.

A constatação é da 10ª edição da pesquisa TIC Domicílios, divulgada nesta terça-feira (15) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

O estudo foi realizado em mais de 19 mil domicílios brasileiros, entre outubro de 2014 e março de 2015, para medir o uso das tecnologias da informação e da comunicação nos lares, o acesso individual a computadores e à Internet, atividades desenvolvidas na rede, entre outros indicadores.

O estudo aponta estabilidade na proporção de domicílios que possuem computador (50%). Já os equipamentos portáteis (laptops e notebooks) registraram crescimento: 60% das residências com computador possuem notebooks, enquanto os tablets estão presentes em 33% dos domicílios.

Pela primeira vez, a pesquisa mediu a disponibilidade de redes sem fio Wi-Fi nos domicílios e constatou que 66% das moradias com acesso à Internet dispõem desse tipo de rede.

 Acesso desigual

A proporção de domicílios com acesso à Internet pelo celular em 2014 é de 50%, o que corresponde a 32,3 milhões de lares em números absolutos. As desigualdades por classe social e área persistem. A penetração do serviço na classe A, é de 98%; na B, 82%; na C, 48%; e entre as camadas D e E, 14%. Nas áreas urbanas, a Internet tem cobertura de 54%, enquanto nas áreas rurais de 22%.

“Mesmo com o crescimento da Internet móvel, o Brasil ainda encontra desafios para a universalização do acesso à Internet no domicílio. A série histórica da TIC Domicílios tem mostrado a permanência da desigualdade no acesso, fato que precisa ser observado em sua complexidade pelos gestores públicos para a reversão deste quadro”, afirma Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br.

A atividade mais realizada pelos usuários de Internet pelo celular nos três meses anteriores à pesquisa é o envio de mensagens instantâneas, a exemplo de chat do Facebook, chat do Skype ou WhatsApp (83% dos usuários de Internet). A TIC Domicílios 2014 também aponta que a participação em redes sociais figura entre as ações mais citadas, com 76%. Já assistir filmes ou vídeos é comum a 58% dos usuários brasileiros.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor