Acrilex ganha alto desempenho e disponibilidade com nuvem

CloudGestão

Considerada uma das maiores fábricas de tintas da América Latina, com 10 mil pontos de vendas somente no Brasil, migrou para o conceito cloud computing por meio da plataforma Google Apps for Work e também o Google Drive para armazenamento de grande quantidade de arquivos e documentos.

Durante muito tempo a Acrilex foi atendida por um serviço de e-mail e de hospedagem de site sem muitos problemas. No entanto, com a evolução do uso da web como ferramenta de apoio aos negócios e na divulgação da sua linha de produto, essas soluções não acompanharam as necessidades.

A fabricante usava um servidor de e-mail em código aberto que ficou ultrapassado e optou pela modernização para o conceito de nuvem. Para conduzir essa migração de ambiente a empresa contratou a Dedalus Prime, Cloud Broker Services.

A plataforma Google Apps for Work beneficia atualmente 180 usuários, que podem enviar e receber e-mails de forma mais segura, sem a limitação do espaço destinado às mensagens, situações vivenciadas diariamente com a antiga solução.

“A mudança para Google foi natural”, segundo Erik Souza Silva, analista de infraestrutura de TI da Acrilex. Ela diz que os profissionais de TI da empresa já era usuário do Gmail, a escolha por ele foi natural. “A migração com o apoio da Dedalus foi tranquila, tanto que a convidamos para cuidar da migração de nossos sites para a Amazon Web Services”, destaca.

O website da Acrilex é uma ferramenta muito poderosa para a divulgação da sua linha de produtos. Garantir a alta disponibilidade e acesso rápido é essencial, considerando o constante crescimento de visitas aos websites da Acrilex que recebem mais de 100 mil visitantes por mês.

“A escolha pela Amazon Web Services foi decorrência do bom relacionamento com a Dedalus na migração e gestão da plataforma Google Apps”, diz Isis Vasques, sócia-diretora da Agência Ecco, responsável pelas campanhas web da Acrilex e que cuidou da migração para AWS com o apoio da Dedalus Prime.

O primeiro site a migrar foi o ArtTeen, escrito em WordPress de maneira mais simplificada, e depois foi o Abelhinhas, com muitas funcionalidades complexas, multimídia, TV, e jogos, e por último o institucional da empresa, mas que carrega um catálogo gigantesco, escrito em ASP.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor