Alcatel-Lucent anuncia plataforma Cloud DVR avançada

CloudOperadorasRedes

A Alcatel-Lucent melhorou a performance das suas tecnologias de armazenamento de vídeo IP na cloud e de disponibilização de conteúdos vídeo com a apresentação da sua plataforma Cloud DVR melhorada e da Rede Elastic de disponibilização de conteúdo. Assim, permitirá aos operadores gerir a capacidade da rede de forma mais dinâmica numa altura em que lidam com uma elevada procura.

TalkTalk, prestadora inglesa de telecomunicações móveis e fixas e de banda larga, já testou componentes da solução aprimorada Cloud DVR num ambiente de rede em funcionamento. Esta plataforma Cloud DVR incorpora um generoso número de vantagens de armazenamento resultantes da colaboração entre a Alcatel-Lucent e a Intel Corporation, ao usar a Intel Intelligent Storage Acceleration Library (ISA-L).

Com cada vez mais consumidores a substituírem as tradicionais set-top boxes por conteúdo on-demand nos seus smartphones, tablets e outros dispositivos ligados, o tráfego de dados nas diferentes redes está aumentando dramaticamente. A Alcatel-Lucent evoluiu o seu portfólio de vídeo IP para ajudar os operadores a gerirem o seu tráfego, a conceberem sistemas de armazenamento para os seus dados e redes de disponibilização de conteúdo com maior eficiência.

A nova plataforma Cloud DVR permite que o conteúdo seja guardado na cloud e não na set-top box, possibilitando aos consumidores acessar vídeo usando qualquer equipamento ligado em rede em casa. As novas funcionalidades recorrem a aplicações e inovações concebidas para a comunidade e desenvolvidas em conjunto com a Intel para gerarem um armazenamento Cloud DVR com uma ainda melhor relação custo/eficiência.

As tecnologias de rede de disponibilização de conteúdo (CDN) Velocix da Alcatel-Lucent permitem que os prestadores de serviço otimizem o conteúdo de vídeo para disponibilização em qualquer equipamento.

Com funcionalidades para cloud, a Elastic CDN possibilita que os recursos sejam alocados de forma mais flexível, quando e onde sejam necessários. Durante um evento desportivo de grande dimensão, o prestador de serviço pode provisionar dinamicamente máquinas virtuais em minutos em vez de demorar semanas ou meses, e criar uma cache de conteúdo popular mais perto dos utilizadores para melhor gerir o tráfego de vídeo nas redes. Assim que a procura se reduza, a capacidade extra pode ser libertada e usada em outras aplicações ou serviços. O Elastic CDN estará comercialmente disponível em 2016.

Bev Crair, vice-presidente do Data Center Group e General Manager de Storage da Intel diz que “a economia de serviços digitais alimentadas pela agilidade e eficiência do cloud computing está na base na enorme procura de inovadoras soluções de armazenamento. A colaboração da Intel com a Alcatel-Lucent na área de Cloud DVR é um exemplo do nosso trabalho com a indústria para assegurar que são as soluções de armazenamento eficiente totalmente otimizadas para arquiteturas Intel que estão na base da nova geração de inovações em serviços digitais”.

“O nosso portfólio de IP Video ajuda nossos clientes a melhor gerirem as alterações no tráfego numa altura em que os seus assinantes fazem a transição de utilização de set-top boxes para a visualização de vídeo on-demand numa ampla variedade de dispositivos ligados. Recorrendo à nossa vasta experiência e trabalhando em parceria com líderes de mercado como a Intel, podemos ajudar os prestadores de serviços a disponibilizarem conteúdo de vídeo de forma mais inteligente e eficiente para melhorar a experiência do usuário final em linha com a procura e sem aumentar a despesa”, destaca Paul Larbey, diretor do IP Video business da Alcatel-Lucent.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor