Alibaba lança proposta de aquisição sobre “YouTube chinês”

EmpresasNegócios

A Alibaba quer comprar a totalidade das Youku Tudou, também conhecida como o “YouTube chinês”, onde detém já um participação de 18,3 por cento. A aquisição iria fortalecer as capacidades da gigante do e-commerce na área do vídeo online, uma estratégia que a levou a entrar no capital da Youku Tudou, pela primeira vez, em 2014.

A proposta avançada pela Alibaba é de cerca de US$ 26,60 por ação, o que, segundo a Reuters, representa um prêmio de 30,2 por cento, e elevaria o valor da Youku Tudou para perto dos US$ 5,2 bilhões.

Ao que parece, o CEO do “YouTube chinês”, Viktor Koo, já deu seu aval à oferta da Alibaba. No entanto, para que o negócio de privatização da Youku Tudou possa prosseguir, é preciso conquistar a aprovação do Conselho Administrativo da empresa e das entidades reguladoras do setor.

O diretor executivo do colosso do comércio eletrónico chinês, Daniel Zhang, acredita que o vídeo online é hoje tão valioso como qualquer produto físico, e que os conteúdos da Youku Tudou serão ativos importantes para a estratégia digital da Alibaba.

De acordo com a agência noticiosa, a empresa de e-commerce tenciona realizar o pagamento em dinheiro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor