Carros autônomos: Volvo Cars apresenta sua interface avançada

Inovação

A montadora anuncia o IntelliSafe Auto Pilot, uma das interfaces mais modernas da indústria para adoção em carros autônomos. Segundo a empresa, o sistema adianta como os motoristas irão transferir o controle da direção para o automóvel, de forma simples e descomplicada.

A operação será feita por duas aletas na direção, similares a borboletas para trocas de marcha. Quando o motorista do carro autônomo da Volvo  entrar em uma via onde o modo autônomo de condução está disponível, ele será alertado por avisos no painel e luzes nas aletas do volante, que irão piscar.

Basta apenas pressionar as duas aletas simultaneamente para ativar o modo Auto Pilot. Quando ativado, o sistema confirmará que a direção e a supervisão do trajeto passam a ser de responsabilidade do automóvel, por meio de luzes verdes nas aletas de direção.

Ao fim do trajeto em modo autônomo, o motorista será avisado com antecedência para retomar o controle, por uma contagem regressiva de 60 segundos. Caso ele não pressione as aletas para retomar o controle de direção dentro desse minuto, o carro irá parar por conta própria em um lugar seguro.

“Nós desenvolvemos uma interface segura e simples de utilizar, que oferece confiança para o motorista no momento de transferir e retomar o controle do carro”, explica Thomas Ingenlath, vice-presidente sênior de Design da Volvo Cars.

A primeira aplicação pública da tecnologia IntelliSafe Auto Pilot será em 2017, no projeto Drive Me, em Gotemburgo na Suécia. Trata-se do estudo de condução autônoma mais ambicioso do mundo. Com o Drive Me, a Volvo Cars irá disponibilizar cem XC90 autônomos que serão usados no dia a dia por consumidores comuns. Quando ativado, o sistema confirmará que a direção e a supervisão do trajeto passam a ser de responsabilidade do automóvel, por meio de luzes verdes nas aletas de direção.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor