Cerca de 60% das microempresas não possuem página na web, revela estudo global

E-commercee-MarketingNegócios

A pesquisa, encomendada pelo provedor de TI GoDaddy e realizada em 2015 pela RedShift, abordou 4 mil microempresas (de um a cinco funcionários) em variados países. A boa notícia é que muitas delas estão prestes a finalmente ingressar no mundo on-line, em busca de crescimento e alcance global.

“Enquanto temos certeza de que todos estão on-line, a realidade é que para muitas microempresas isso simplesmente não é verdade”, comentou Blake Irving (TBD), CEO da GoDaddy. Ele acrescenta que esses micronegócios estão percebendo que se eles não se engajarem on-line, estarão em desvantagem competitiva.

O levantamento, que inclui participantes de diversos países como Austrália, Brasil, Canadá, Índia, México, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos, revelou que 35% deles acreditam que suas empresas são pequenas demais para ter uma página na web.

Por outro lado, muitas microempresas afirmaram que entendem estar em desvantagem competitiva por não terem seu próprio site. O intuito era entender como microempresas estão utilizando a Internet.

Uma grande remessa de microempresas vai tirar proveito total da Internet muito em breve, de acordo com a pesquisa: 55% afirmou que tem a intenção de criar seu próprio site nos próximos dois anos. Estimam que a presença on-line impulsione significativamente seu crescimento, considerando o grande ganho em visibilidade do negócio para os públicos local, nacional e internacional.

Para 48%, os negócios crescerão 25% ou mais nos próximos três a cinco anos. Enquanto 81% afirmaram que espera crescimento de 10% ou mais. Dos respondentes que já possuem website, 59% afirmaram que seu negócio cresceu uma vez que construíram seu site.

De acordo com a empresa, existem mais de 200 milhões de pequenas empresas no mundo, mas para muitas, dar o salto para ter seu próprio site é um grande desafio: os respondentes da pesquisa afirmaram que não tinham tempo, dinheiro ou conhecimento técnico para criar uma página na web. Cerca de 35% acreditam que sua empresa é pequena demais para precisar de um site. Outros 21% afirmam que está além de seus conhecimentos técnicos. E 20% dizem que não é financeiramente acessível.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor