É impossível desbloquear novos iPhones, diz Apple a juiz dos EUA

LegalMobilidadeRegulaçãoSistema OperacionalSmartphones

Acessar dados armazenados em um iPhone bloqueado é “impossível” em aparelhos que usam o mais novo sistema operacional. É o que disse a Apple ao juiz norte-americano.

Contudo, de acordo com a agência de notícias Reuters, a empresa tem “capacidade técnica” para ajudar as autoridades a desbloquear iPhones mais antigos.

Ainda que a Apple tenha apresentado sua posição em um documento nesta segunda-feira (19/10) a situação está esquentando. Um juiz federal de Nova York pediu que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos force a empresa a ajudar as autoridades a acessar iPhones numa investigação.

A Apple disse nos documentos que para 90% de seus aparelhos funcionando com o sistema iOS 8 ou mais novo, “seria impossível executar” a solicitação do Departamento de Justiça após a empresa ter fortalecido métodos de encriptação.

De acordo com a companhia, os aparelhos incluem uma ferramenta que previne que qualquer pessoa acesse os dados sem a senha do dispositivo, incluindo a própria Apple.

Segundo a Reuters, a Apple disse ao juiz James Orenstein que poderia acessar os 10% de seus aparelhos que continuam a usar sistemas mais antigos, incluindo o envolvido no caso. Mas apelou ao juiz que não solicite isto para cumprir com a solicitação do Departamento de Justiça.

Uma porta-voz do advogado Robert Capers, do Brooklyn, cujo escritório está lidando com o caso, não quis comentar.

*Com reportagem de Nate Raymond


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor