Fortinet traz ao Brasil tecnologia para transformar negócios

CloudMobilidadeSmartphones

A novidade para o mercado nacional da companhia global de segurança cibernética é o FortiPresence. Uma solução capaz de monitorar consumidores em variados pontos de venda, visitantes em eventos, usuários de serviços públicos, como saúde e transporte, e gerar ações assertivas para ampliar a rentabilidade ou promover melhorias estratégicas em empresas de diversos setores.

O FortiPresence foi apresentado hoje (08/10) pela primeira vez no Brasil durante o evento Secop 2015 – Governo Inteligente: colaboração e soluções inovadoras em TIC, que acontece em Salvador (Bahia) até amanhã (09/10).

A empresa, que tem forte presença no setor público no fornecimento de infraestrutura de Wi-Fi segura, aposta na expectativa de crescer ainda mais nesse mercado, considerando ser a nova solução grande atrativo para quem já possui Wi-Fi Fortinet. E também para quem pretende adquirir o pacote completo.

Mas o que deve, de fato, acontecer é o avanço da companhia também em outros setores. Isso porque a solução é interessante, inovadora, de custo atraente, fácil operação e de resultados surpreendentes, na visão de Luiz K. Ribeiro, Territory Account Manager Brasil.

Como funciona

Para operar, o FortiPresence exige uma infraestrutura de Wi-Fi, porém, inicialmente, da Fortinet. Um supermercado, ou uma loja de departamentos, que possua esse ambiente, ao adquirir a solução pode contabilizar o número de pessoas que visita esses estabelecimentos, por quanto tempo elas permaneceram em seu interior, quais seções foram mais visitadas, a frequência dos visitantes, entre inúmeras outras informações.

Para a obtenção desses dados, não é necessário que o consumidor esteja conectado à rede Wi-Fi do estabelecimento, basta estar portando um smartphone. O sistema capta o código (identificador único) do dispositivo e imediatamente passa a monitorá-lo e também rastreá-lo pelo estabelecimento. O sistema pode ainda captar o código de pessoas que simplesmente passam pela porta da loja.

Agregando valor

As possibilidades de obtenção de informações estratégicas aumentam quando, ao optar por conectar-se à rede Wi-Fi do estabelecimento, o cliente o faz por meio do login do Facebook, por orientação da loja para usar gratuitamente o recurso. O sistema então acessa os dados desse usuário e ainda a rede de relacionamento dele para construir campanhas de marketing customizadas, promoções, entre outras ações.

Dessa forma, é possível repensar estratégias, o tipo de produto oferecido, o desenho da loja e transformar o negócio ao verificar quais seções devem ser mais exploradas e as que devem receber campanhas de incentivo.

De acordo com Ribeiro, a tecnologia abriga um recurso chamado “mapa de calor”, que identifica e registra as áreas do negócio com maior concentração de pessoas. “Serve para verificar se uma determinada campanha foi assertiva ou revelar um nicho atraente e capitalizar a informação”, diz.

No setor de governo, há várias oportunidades com o FortiPresence, segundo Ribeiro. “Temos muitos clientes em transporte público. Ônibus que já oferecem nossa rede Wi-Fi podem se transformar em uma fonte rica para construção de ações de melhoria para a população. Saber quais regiões acumulam mais pessoas em determinada linha. Quanto tempo permanecem em seu interior, se a quantidade ultrapassa o limite permitido…”, explica o executivo.

Em postos de saúde, prossegue Ribeiro, a solução identifica quais horários concentram o maior número de pessoas, quanto tempo permanecem em filas. Assim como é possível saber, em escolas, quanto tempo alunos e professores permanecem em salas de aula ou fora delas.

“Muitas ações podem se tornar mais assertivas com o monitoramento e a cada dia, ao conversar com clientes, vamos identificando inúmeras outras aplicações que nem imaginávamos. É um universo amplo a ser explorado”, afirma.

A tecnologia é vendida por meio de licenças, na rede de canais da companhia, concedendo flexibilidade ao investimento. “O cliente pode adquirir inicialmente menos quantidade de antenas e depois ampliar de acordo com a necessidade do negócio”, reforça Ribeiro.

O executivo explica que a instalação da solução é muito simples, considerando ser por meio de software hospedado na nuvem Fortinet.

“Ele só tem de receber um login e uma senha para começar a usar. Por meio de gráficos, ele poderá obter informações valiosas para o negócio. E pode configurar o sistema de maneira adequada ao interesse estratégico”, destaca e acrescenta: “Acreditamos que o FortiPresence será muito bem aceito para quem já possui a infraestrutura de Wi-Fi da empresa e também um grande acelerador para quem ainda não tem, tendo em vista a possibilidade de transformar o negócio”, finaliza Ribeiro.

*A jornalista viajou à Bahia a convite da Fortinet


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor