Genetec e Microsoft fecham parceria para monitoramento em vídeo

NegóciosProjetosSetor Público

A empresa de segurança física e soluções unificadas de segurança IP tem a sua plataforma de videomonitoramento Security Center certificada pela Microsoft. A tecnologia Genetec será destinada ao sistema de vigilância de cidades, o Domain Awareness System (DAS), da companhia parceira.

A cooperação entre a canadense Genetec e a Microsoft no DAS iniciou-se nos Estados Unidos, na Polícia de Nova Iorque. No Brasil, a parceria é bastante recente e visa prover tecnologia de monitoramento de imagens para os sistemas de controle de alertas que o DAS possui.

O Security Center é uma plataforma aberta com recursos de gerenciamento de vídeo IP, controle de acesso e sistemas de reconhecimento de placas de veículos. A plataforma inclui ferramentas que promovem a colaboração e compartilhamento de informações entre os operadores e as organizações públicas e privadas. No DAS, é utilizado principalmente o recurso de gerenciamento de vídeo do Security Center.

O DAS é um sistema de gerenciamento e integração de dados de segurança pública que trabalha com três níveis de informação:  territorial, temporal e semântica. Na informação territorial, por exemplo, o sistema estabelece a latitude e longitude do local em que o evento aconteceu, que pode ser originado a partir de uma ocorrência policial, uma ligação bombeiro, entre outros.

A base de dados que alimenta os três níveis do DAS são o 190, boletim de ocorrência, o corpo de bombeiro, o cadastro de veículos, número das carteiras nacional de habilitação.  “Todo tipo de ocorrência traz um alerta com base nos três níveis, e o DAS informa se o evento é crítico ou não, que exija a presença dos profissionais do órgão de segurança”, explica Alfredo Deak Júnior, diretor de Justiça e Segurança da área de Soluções de Justiça e Segurança Pública da Microsoft Brasil.

“A Genetec entra no momento do alerta, e o Security Center procura câmeras de vídeo próximas ao local da ocorrência, que são visualizadas pelo policial ou bombeiro que as estão operando”, acrescenta Deak.

A Microsoft escolheu o Security Center porque o DAS pode operar qualquer funcionalidade da plataforma da Genetec, com integração e interatividade.  “A Genetec disponibilizou a forma mais simples de integração de sua plataforma de videomonitoramento ao DAS, inclusive habilitando sua interface para outros fornecedores de vídeo vigilância, além do modelo de federação de ambientes”, diz o diretor de Justiça e Segurança da Microsoft Brasil. Outro ponto destacado pelo diretor é que dentro da mesma tela, o policial vê todas as informações disponibilizadas pelo DAS e as imagens fornecidas pela Genetec.

O sistema DAS é voltado para o Governo, e no Brasil o DAS com o Security Center está sendo implementado na Secretaria de Segurança Pública do Governo Estadual de São Paulo para auxiliar na investigação de crimes, geração de alertas customizados por usuário e desastres de todo o Estado.

A Genetec tem como um dos seus principais focos atender ao setor público e dessa forma esta parceria com a Microsoft no DAS é muito importante para a expansão dos nossos negócios junto ao Governo”, diz Denis Côté, gerente geral da Genetec Brasil.

A Microsoft e a Genetec têm querem oferecer a solução em todas as capitais e grandes cidades do Brasil e estão conjuntamente buscando estados e municípios que se interessem pela solução.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor