Integração de dados é desafio para usuários Salesforce

Software

Esse é um dos resultados do estudo global da Progress, empresa global de software. A pesquisa mostra ainda que o Salesforce é uma missão mais crítica do que antes.

O levantamento da Progress foi conduzido em conjunto com a Dimensional Research e investigou as dificuldades de gerenciamento do desenvolvimento em Salesforce por parte dos usuários, profissionais e administradores.

Os resultados iniciais da pesquisa revelam os principais desafios, padrões de uso e planejamento futuro acerca da implementação do Salesforce. Os respondentes do estudo incluem mais de 200 usuários ativos da ferramenta em uma grande variedade de empresas de vários segmentos e regiões. Clique aqui para ler o relatório completo.

“Embora o Salesforce seja, como sempre, reconhecidamente abrangente e integrado, esse estudo procura ir fundo em meandros dos desafios-chave envolvidos no melhor aproveitamento crítico da plataforma”, disse Michael Benedict, presidente de Conectividade e Integração de Dados da Progress.

“Com 89% dos respondentes buscando novas implementações do Salesforce ao longo dos próximos dois anos, fica claro que integração de dados e aplicações são, e continuarão sendo, extremamente importantes para as empresas. E isso exige sempre a busca por ferramentas adequadas, além de tecnologias e melhores práticas capazes de alavancar o Salesforce de forma mais significativa”, ressalta.

Principais conclusões do estudo

  • O Salesforce está Mais Missão Crítica do Que Nunca: as respostas ao estudo indicam que as integrações do Salesforce estão se ramificando em uma surpreendente variedade de aplicações em todas as áreas da empresa, incluindo sistemas de apoio (46%), ERP, geração de leads, marketing, logística, licenciamento e muito mais. As aplicações legadas são responsáveis por 38% de todas as integrações. E 12% das empresas pesquisadas têm mais de dez aplicações e fontes de dados conectados ao Salesforce atualmente.
  • Missão crítica: falta de integração de dados estão impactando o desempenho: Entre os entrevistados, 54% indicaram que a aplicação e a integração de fonte de dados são o seu desafio mais premente devido as dificuldades relacionadas a aplicações on-premise (48%), aplicações legadas (47%), conectividade (40%) e fontes de dados compartilhadas (37%). Por sua vez 63% dos entrevistados alegaram que as dificuldades de integração resultam em desempenho mais lento do Salesforce.
  • Benefícios garantem predomínio: apesar dos desafios atuais, os benefícios do Salesforce são abundantes. Vão desde a facilidade de uso ao custo-performance, garantindo sua competitividade. Para 56% dos entrevistados, o Salesforce é intuitivo e fácil de usar. Para completar, 48% disseram que, além de associar o acesso a dados em tempo real a funcionalidades de análise, a Salesforce ainda aumentou a eficácia das suas equipes de vendas ao cliente.

Universo da pesquisa

O universo pesquisado inclui mais de 200 usuários, profissionais e gestores que utilizam ou gerenciam o Salesforce.  A lista abrange os nichos de tecnologia (22%), indústria (18%), setor financeiro (13%), serviços (11%) e saúde (10%), sendo o restante dos entrevistados das áreas de telecom, governo, varejo, serviços públicos, educação, entidades sem fins lucrativos e transporte.

Os cargos dos entrevistados abrangem das áreas de TI corporativa, vendas, produtos, gestão, produção/fábrica, finanças/contabilidade e marketing. Dos entrevistados, 82% estão baseados na América do Norte (EUA e Canadá) enquanto 12% estão na região EMEA; 1% na região América Central/do Sul e 5% na Ásia-Pacífico.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor