Microsoft e Google encerram litígios de violação de patentes

GestãoLegislaçãoNegócios

A Microsoft e o Google concordaram em por um fim em todos os litígios sobre violação de patentes que uma tem contra a outra. Assim, as companhias encerram 18 casos nos Estados Unidos e na Alemanha.

De acordo com a agência de notícias Reuters, as empresas disseram que o acordo coloca um ponto final nas batalhas judiciais envolvendo uma variedade de tecnologias, incluindo de telefones móveis, WiFi e patentes usadas no vídeo game Xbox da Microsoft e outros produtos Windows.

O acordo também derruba todos os litígios envolvendo a , que o Google vendeu à Lenovo no ano passado, mantendo suas patentes.

Entretanto, conforme Microsoft e Google continuam a fazer produtos que competem diretamente uns com os outros, incluindo mecanismos de busca e dispositivos de informática móveis, o acordo não evita quaisquer futuras ações judiciais de violação, confirmou uma porta-voz da Microsoft.

“Google e Microsoft têm concordado em colaborar em certos temas ligados a patentes e antecipar trabalharem juntas em outras áreas no futuro para beneficiar nossos consumidores”, disseram as duas companhias em comunicado conjunto. Elas não revelaram os termos financeiros do acordo.

*Reportagem de Andrew Chung, da agência de notícias Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor