Telefonia móvel desacelera no Brasil e base de celulares ativos encolhe em agosto

HOMEOperadorasRedes

A telefonia móvel sofreu uma desaceleração no Brasil. O país fechou o mês de agosto com 280,02 milhões de linhas ativas, com baixa de 1,4 milhão de celulares na comparação com o volume registrado em julho, que foi de 281,4 milhões de terminais em serviço. Os dados fazem parte de balanço divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A teledensidade ficou em 136,86 acessos por 100 habitantes. No oitavo mês de 2015, os acessos pré-pagos totalizavam 208,02 milhões (74,29% do total) e os pós-pagos, 72 milhões (25,71%).

Entre as tecnologias de telefonia móvel mais acessadas no Brasil, o 3G lidera com 162,3 milhões de linhas em operação. Em segundo lugar está o GSM com 83,8 milhões de terminais, seguido do 4G baseado em Long Term Evolution (LTE), com 16,5 milhões de acessos.

A Vivo mantém-se na liderança do mercado de telefonia móvel no Brasil, com participação de 29,08% e 81,4 milhões de assinantes. A vice é a TIM com market share de 26,21% e 73,3 milhões de usuários, seguida da Claro com fatia de 25,43% da pizza do setor e 71,2 milhões de clientes.

A Oi é a quarta colocada do ranking da telefonia móvel, com 17,87% de participação e 50 milhões de clientes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor