Telefônica Vivo vai lançar serviço para competir com WhatsApp

OperadorasRedes

O anúncio foi feito hoje (28/10) pelo presidente da Telefônica Vivo, Amos Genish, em coletiva de imprensa, no Futurecom, que acontece em São Paulo. E surpreendeu. O executivo, que já vinha criticando na mídia a atuação das OTTs (Over-The-Top), que prestam serviços como WhatsApp e Netflix, classificados por ele como “piratas”, tirou da manga hoje o lançamento do serviço de nome “TU Go”, que será oferecido “em breve” pela companhia.

Genish não concorda com frases clichês que estão sendo proferidas em recentes e recorrentes declarações na imprensa como “não podemos atrapalhar a inovação das OTTs”. E disse ainda que isso não procede, visto que não estão sendo considerados aspectos técnicos e jurídicos. “O setor está errando em não mexer com as OTTs”, sentenciou o presidente da Telefônica Vivo. “Penso que tem de existir um estudo mínimo para entender os aspectos jurídicos”.

Genish não deu detalhes sobre como será o “TU Go” e o modelo de negócios, mas deixou claro que está atento à movimentação das OTTs. “Não vamos deixar esse campo aberto para elas”.

Na mesma coletiva, Genish comentou sobre a possível consolidação entre Oi e TIM e disse que, apesar de o tema estar trafegando apenas na esfera das especulações, considera bastante positivo para o mercado. “Melhor existirem três fortes operadoras do que quatro”, finaliza Genish, que também anunciou investimentos da companhia para 2016 de R$ 8,5 bilhões, mesmo patamar aplicado em 2014.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor