GRU Airport adota serviços da Agility Networks para operação da rede de internet

CloudData StorageGestãoGestão de RedesNegóciosProjetosRedes

A Agility Networks, empresa especializada em serviços e arquiteturas para TI, foi a escolhida pelo consórcio que gere o GRU Airport (Aeroporto Internacional de São Paulo) para implementar e dar suporte à solução BIG-IP, da F5 Networks, para balancear os links de internet e fornecer alta disponibilidade da rede VPN do aeroporto.

O contrato de suporte do GRU Airport com a Agility Networks é de 36 meses e contempla os níveis 1 e 3. No nível 1, a empresa realiza o monitoramento e novas configurações do ambiente; já o Nível 3 se refere ao suporte a incidentes.

Case — Segundo a Agility Networks, o contrato com a GRU Airport veio após problemas com a antiga gestora. Até março de 2013, o aeroporto tinha apenas um link de internet — insuuficiente para atender a demanda de acesso dos 2.000 funcionários. A área de TI do GRU Airport então contratou mais três links. Apesar disso, ainda havia várias quedas na rede, gerando reclamações dos usuários. Quando ocorriam quedas, a equipe de TI precisava efetuar a troca de link manualmente, demorando a restabelecer a conexão.

Diante desse problema, os responsáveis pela TI do aeroporto decidiram realizar um RFP (Request for Proposal, na sigla em inglês) para implantar a ferramenta BIG-IP — solução que, de forma inteligente, realiza o balanceamento entre os links com o objetivo de redistribuir a carga. Além disso, a solução reconhece, automaticamente, se algum link cai e apenas distribui entre os demais que ainda estão ativos e até que o primeiro retorne, mantendo a operação ininterrupta.

O vencedor do RFP foi o fabricante que já atendia outro projeto no aeroporto e que indicou uma empresa parceira para fazer a implementação. Em maio de 2014, entrou em produção uma caixa do BIG-IP. A equipe de TI do GRU Airport, afirma que, com uma semana de uso, vários problemas surgiram, como alta utilização de memória, temperatura elevada do processador, lentidão dos links, fazendo com que os usuários internos voltassem a reclamar da conexão da rede.

A área de TI do GRU Airport então apresentou a questão para a Agility Networks, que, após análise, confirmou que se tratava de uma falha de configuração e prontamente aceitou o desafio de resolver o problema. O GRU Airport substituiu a empresa que havia feito a implementação, e a Agility Networks entrou e refez todo o planejamento, reconfigurou a caixa e atualizou o software do BIG-IP com a versão mais indicada para a necessidade do Aeroporto Internacional de São Paulo. Todo esse trabalho foi realizado em uma semana. Atualmente, o GRU Airport possui quatro links de operadores diferentes, que totalizam 264 MB.