MC promove qualificação da telefonia móvel com iniciativas em universidades

MobilidadeOperadorasRedes

O ministro também visitou os laboratórios do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações sem Fio (GTEL) da UFC, na última sexta-feira (6/11) e destacou a importância da inovação nas universidades para a produção de conhecimento fundamental para o desenvolvimento tecnológico do Brasil. Figueiredo conheceu diversos projetos pesquisados pelos estudantes da área, que ampliam a inclusão do

O ministro também visitou os laboratórios do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações sem Fio (GTEL) da UFC, na última sexta-feira (6/11) e destacou a importância da inovação nas universidades para a produção de conhecimento fundamental para o desenvolvimento tecnológico do Brasil.

Figueiredo conheceu diversos projetos pesquisados pelos estudantes da área, que ampliam a inclusão do país no cenário mundial de pesquisas para a telefonia móvel  e a banda larga móvel.

Vinculado ao Departamento de Engenharia de Teleinformática (DETI), o GTEL foi criado no ano 2000 para desenvolver tecnologia em comunicação sem fio, por meio da pesquisa acadêmica e aplicada, realizada por professores, alunos de graduação e de pós-graduação da UFC.

Os trabalhos desenvolvidos visam, por meio de modelos matemáticos, otimizar o uso da telefonia móvel para, em última análise, baratear custos e tornar o serviço mais confiável e seguro para os usuários, além de integrar as tecnologias atuais, viabilizando sua intercomunicação. “Esse processo contribui para a inclusão digital em larga escala da população brasileira”, complementou Figueiredo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor