TIM acaba com cobrança diferenciada de chamadas entre operadoras

4GMobilidadeOperadorasRedes

A operadora divulga que essa iniciativa visa alinhamento com o momento de crise econômica vivenciada pelos usuários brasileiros, que buscam minimizar gastos.

A TIM reformula completamente o seu portfólio de ofertas e a principal mudança é o fim da cobrança diferenciada de chamadas para outras operadoras em todos os planos. Um movimento que, segundo a empresa, pode acabar com o hábito de uso de mais de um chip de celular para economizar nas ligações, já que os clientes poderão falar como se estivessem todos em uma só comunidade.

“Estamos acabando com a última barreira da telefonia móvel, que é o alto custo das chamadas para outras operadoras no pré-pago ou controle. Hoje, o valor médio de uma ligação entre usuários de operadoras diferentes é de R$ 1,50, ou seja, 40 vezes mais caro que uma chamada intrarrede”, explica Rogerio Takayanagi, CMO da TIM Brasil.

Ele acrescenta que se trata de um preço muito elevado para o momento Brasil. “O consumidor está se virando para economizar e a operadora tem de se virar também. Nosso cliente terá uma experiência muito melhor, sem ter mais o inconveniente de precisar manter mais de um chip”, diz.

A TIM buscou entender detalhadamente as necessidades e hábitos de uso de cada tipo de consumidor para oferecer o melhor portfólio. De acordo com a operadora, com a iniciativa, em todas as modalidades, a TIM passa a ter o melhor custo-benefício do mercado, com as maiores franquias de voz e dados e permitindo que os clientes paguem menos.

Além do fim da cobrança diferenciada nas ligações, a operadora aposta ainda em ofertas robustas de internet, com mais dados para se adequar à necessidade crescente dos brasileiros de estarem sempre conectados. Os minutos dos pacotes pré, controle e pós valem tanto para chamadas locais como para DDD (com o código 41), seja qual for a operadora de destino.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor