Usuário prefere perder privacidade do que dados financeiros

Segurança
0 0 Sem Comentários

Este é um dos resultados da pesquisa realizada pela Avast, empresa de segurança da informação, em 11 países, incluindo o Brasil. Curiosamente, no mundo inteiro, a maioria das pessoas que têm smartphones prefere ter suas fotos nuas expostas publicamente do que suas informações financeiras.

O levantamento online da Avast foi feito em Outubro de 2015 com o objetivo de descobrir como as pessoas protegem a privacidade de seus smartphones e a quais dados elas dão mais valor, para chamar a atenção sobre a importância da privacidade nos smartphones.

O estudo assinala, portanto, que as pessoas acreditam que sofreriam maiores consequências, e talvez por mais tempo, se os seus dados financeiros fossem expostos, em comparação com fotos de si mesmas sem roupas no caso de um vazamento de seus dados online.

A resposta mais vigorosa foi dos entrevistados dos EUA, com quase 77 % dizendo que preferia ter suas fotos nuas expostas do que dados financeiros. O Reino Unido ficou em segundo lugar, com 72%. Argentina, Brasil e México, cerca de 50 %.

A empresa entrevistou quase 24 mil pessoas em todo o mundo, e surpreendentemente em nenhum país o governo figurou como a principal ameaça segundo a pesquisa.

“Na maioria dos países, os usuários de smartphones têm mais medo de cibercriminosos”, diz o relatório. Em países como Argentina, Brasil, França, Índia e Rússia as mães estão em primeiro lugar como ‘amaeaça’. A espionagem do governo ocupa o segundo lugar nos EUA, México, Alemanha e República Checa República “, de acordo com a pesquisa.

Usuários de smarphones no mundo inteiro se dizem preocupados com a possibilidade de que alguém veja informações pessoais em seus telefones. Em todos os países, somente uma pequena minoria respondeu dizendo que não se preocupava se alguém acessasse informações privadas em seus telefones, ou que não tinha certeza se isso iria preocupá-las.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor