Inovação garante desenvolvimento e inclusão digital no Brasil, diz Ministro das Comunicações

Inovação

É o que reafirmou André Figueiredo, Ministro das Comunicações, em visita ontem (10), em Campinas (SP), ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), que atua no desenvolvimento de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs).

Figueiredo aproveitou a oportunidade para destacar a relevância do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), que estimula a expansão da internet a partir de desonerações tributárias para equipamentos e construção de redes. Segundo ele, o Brasil é pioneiro na criação de plataformas que favorecem a integração do País, representando um diferencial competitivo perante o mundo.

“Por meio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funtel), destinamos, via Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), cerca de R$ 35 milhões para o CPqD desenvolver pesquisas para alcançar melhorias de infraestrutura, como no 4G”, explicou.

Sobre o retorno das políticas públicas estimuladas pelo Ministério das Comunicações, Figueiredo pontuou que a pesquisa nacional apresenta uma taxa de retorno de até sete vezes. “Ao longo dos anos, esses investimentos voltam a partir do surgimento de empresas e de produtos, que geram empregos, bem como o acesso de milhões de cidadãos à internet. É um avanço social alinhado ao econômico.”

*Com informações do Ministério das Comunicações


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor