Teradata traz análise avançada para Internet das Coisas

Base de DadosBig DataCloudData StorageGestãoInovação

A Teradata, empresa de big data, análise de dados e aplicações de marketing, anunciou dois novos recursos de software que possibilitam aos clientes corporativos descobrir e operacionalizar insights escondidos dentro dos dados gerados pela Internet das Coisas (IoT).

Os novos recursos ‘Teradata Listener’ e ‘Teradata Aster Analytics para Hadoop’, tornam possível “ouvir” dados de forma inteligente e em tempo real, para então usar análise avançada para encontrar padrões em grandes fluxos de dados oriundos da Internet das Coisas, melhorando o processo de decisão nos negócios.

Os novos sistemas da Teradata criam recursos que eliminam a complexidade e fornecem novas capacidades para que seus usuários corporativos possam se aprofundar nos dados da Internet das Coisas, através de uma solução completa.

A solução Teradata Listener é um software inteligente dentro de uma abordagem de auto-serviço capaz de “ouvir” em tempo real múltiplos fluxos de dados oriundos de uma vasta gama de dispositivos que podem ser sensores ou outros geradores de dados da Internet das Coisas, para em seguida propagar os dados em várias plataformas dentro de um ecossistema analítico.

Estes dados podem ser propagados para o Teradata Integrated Big Data Platform 1800, que foi recém-lançado e fornece acesso a grandes volumes de dados com suporte nativo de JSON (Java Script Object Notation). Outro caminho possível é a propagação dos dados para Hadoop permitindo análises em larga escala através da utilização do Teradata Aster Analytics para Hadoop.

Implementação — A nova solução da Teradata já está em uso, por exemplo, em um fabricante que oferece serviços de imagem por ressonância magnética, radiografia, ultrassonografia e equipamentos para hospitais e clínicas.

Esses equipamentos têm se tornado indispensáveis no cuidado com a saúde, gerando registros e dados descrevendo os resultados de exames feitos em milhares de pacientes diariamente. Registros com as informações capturadas pelos sensores dos equipamentos são transmitidos 24 horas por dia, 7 dias por semana, para um Data-Lake (repositório de dados) do fabricante implementado sobre Hadoop.

A solução da Teradata faz a análise desse texto para descobrir insights que ajudem o pessoal de serviços a melhorar o nível de disponibilidade das máquinas, diminuindo os tempos necessários para processos de conserto e manutenção. Simultaneamente, os dados do processo de fabricação de equipamentos são direcionados para um Appliance Teradata onde outros tipos de análises avançadas oferecem insights para melhorar a qualidade e eficiência da fabricação e ajudam a garantir que os problemas detectados não sejam passados para a próxima geração de produtos.