TV paga sofre queda de 100 mil acessos em outubro no Brasil

Negócios

Foram 19,4 milhões de clientes de TV por assinatura no mês de outubro, significando baixa de 108 mil acessos na comparação com o mês anterior e de 255,7 mil na comparados a outubro do ano passado. Esses são dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com a agência de notícias Reuters, com base nos dados divulgados pela Anatel, a TV paga tem perdido clientes nos últimos meses por conta do agravamento da desaceleração econômica e da maior concorrência de serviços sob demanda baseados em Internet, como Netflix.

O grupo Claro, da mexicana América Móvil, permaneceu na liderança do mercado, com participação de 52 % e 10,08 milhões de acessos. O resultado, contudo, representou uma queda de 45,8 mil assinaturas na comparação mensal. Um ano antes, o grupo tinha 10,42 milhões de clientes de TV paga, segundo os dados da agência.

Em segundo lugar, ficou operadora de TV via satélite Sky, com fatia de 28,25 %, e 5,47 milhões de acessos, baixa de 58,2 mil na mesma base de comparação. Em outubro de 2014, a operadora tinha 5,65 milhões de assinantes.

Em terceiro, com 9,5 % do mercado, ficou a Telefônica Brasil, somando 1,83 milhão de assinaturas, adição de pouco mais de 1 mil acessos sobre setembro. A Oi, com fatia de 6,02 por cento, aparece em seguida com 1,2 milhão de acessos, baixa de 1,8 mil assinaturas, mas acima do 1,12 milhão de outubro do ano passado.

A tecnologia que mais perdeu acessos entre setembro e outubro foi a de TV digital via satélite (DTH), cuja base teve 146,6 mil clientes a menos em outubro, a 11,44 milhões. Em bases anuais, a tecnologia perdeu 726,3 mil acessos, segundo os dados da Anatel.

*Com reportagem de Luciana Bruno, da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor