Unidade Embrapii CPqD amplia atuação para comunicações sem fio

CiênciaInovação

A Unidade Embrapii CPqD anunciou que está ampliando sua linha de atuação, que agora passa a incluir a integração entre comunicações ópticas e sem fio. O foco dessa extensão é o desenvolvimento de hardware e software embarcado para infraestrutura de rede de acesso, dispositivos, terminais e, ainda, aplicações.

A unidade passa agora a atuar com tecnologias de redes de acesso sem fio seguras, como redes de sensores, LTE-Advanced, Low Power Wi-Fi, Bluetooth LE, RFID, Zigbee, entre outras, em diversas faixas de frequência. Essas redes sem fio poderão ser integradas, também de forma segura, às redes de transmissão e transporte ópticos.

Além da infraestrutura de rede de acesso, a Unidade Embrapii CPqD também passa a desenvolver projetos de dispositivos e terminais (tecnologias de sensores, medidores inteligentes seguros, carros conectados, etc.) e de aplicações para comunicações sem fio – por exemplo, para cidades inteligentes e Internet das Coisas (IoT), envolvendo segurança da informação e comunicação (criptografia, autenticação e desenvolvimento seguro).

A Embrapii – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial é uma organização que tem o objetivo de fortalecer a capacidade de inovação do país, por meio da cooperação tecnológica entre instituições de pesquisa e desenvolvimento e empresas do setor industrial. O CPqD foi credenciado como Unidade Embrapii, em outubro do ano passado, em função de sua experiência de mais de 30 anos em pesquisa e desenvolvimento na área de comunicações ópticas. As tecnologias nessa área vêm sendo transferidas, ao longo desses anos, para a indústria nacional, responsável pela fabricação e comercialização dos produtos no mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor