Amazon vai contratar milhares de colaboradores na Europa

CloudData Storage

A Amazon vai acelerar sua expansão na Europa e planeja contratar milhares de trabalhadores em vários países, incluindo 2500 no Reino Unido.

A varejista online pretende expandir sua rede de armazéns, a rede de distribuição, as capacidades de Investigação e Desenvolvimento (I&D) e uma nova infraeestrutura de apoio ao negócio de computação na nuvem. De acordo com a Reuters, a Amazon criou cerca de 10 mil postos de trabalho permanentes na Europa em 2015, elevando o total no continente para 40 mil.

“Estamos a assistir a uma procura mais forte que nunca por parte dos clientes em toda a Europa e vemos muito mais oportunidades nos negócios da Amazon para inventar e investir no futuro”, disse esta sexta-feira Xavier Garambois, vice presidente da divisão de varejo da empresa na União Europeia.

Esta expansão é vista não apenas como um sinal de vigor do mercado europeu mas também como um aceno aos reguladores e à sociedade civil, depois de um ano em que gigantes da Internet como a Amazon foram severamente criticadas e escrutinadas pelas suas práticas – no pagamento de impostos, nas políticas de privacidade e nas práticas concorrenciais.

De acordo com o Financial Times, a mais recente época natalícia marcou um recorde para a Amazon, contrariando o ciclo menos positivo do varejo tradicional. A empresa tem 12 centros de I&D e já investiu na Europa 15,5 bilhões de euros desde 2010.

A Amazon vai divulgar seus resultados no quarto trimestre fiscal, terminado em dezembro, no próximo dia 28 de janeiro, quinta-feira.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor