Facebook vai construir centro de dados supereficiente na Irlanda

CloudData Center

O Facebook anunciou um novo projeto para construir um super centro de dados na Irlanda, o segundo na Europa e o sexto em todo o mundo. O novo data center irá consumir apenas energia renovável.

O centro será construído na cidade de Clonee, perto de Dublin, e será o primeiro na Irlanda. A construção vai começar em breve e o centro deverá estar operacional entre o final de 2017 e o início de 2018.

De acordo com o texto do anúncio, que foi publicado pelo vice presidente de infraestrutura do Facebook, Tom Furlong, o centro de Clonee vai se destacar pela tecnologia de ponta. Será “um dos centros mais avançados, eficientes e sustentáveis do mundo.” Os servidores e outros componentes foram desenhados de raiz de acordo com o Open Compute Project, um consórcio da indústria com empresas que se dedicam a criar soluções de infraestrutura eficientes que depois partilham de forma open source.

“O nosso centro de dados em Clonee será alimentado a 100% por energia renovável, graças aos recursos robustos de vento na Irlanda”, diz Furlong. “Isto vai nos ajudar a atingir o objetivo de potenciar 50% da nossa infraestrutura com energia limpa e renovável até ao final de 2018.”

O primeiro data center europeu da gigante de Zuckerberg foi construído em Luleå, na Suécia. Mas a escolha da Irlanda faz sentido: o Facebook tem lá sua sede europeia, desde 2009, e este centro irá “continuar o investimento significativo do Facebook no país e na Europa.”

Além disso, são várias as tecnológicas norte-americanas que têm reforçado seus investimentos na Irlanda na área de centros de dados – caso da Amazon, que até está a contratando, a Google e a Microsoft. Em breve a Apple também estará no grupo, depois de ter anunciado no ano passado que iria criar dois novos data centers na Europa, um na Irlanda (Galway) e outro na Dinamarca (Jutland).


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor