Nokia assume controle da Alcatel-Lucent. Oferta totalizou mais de 15 bilhões de euros

EmpresasFinançasNegóciosOperadorasRedes
0 0 Sem Comentários

A finlandesa Nokia informou nesta segunda-feira (04) que assumiu o controle da rival francesa Alcatel-Lucent após a oferta de 15,6 bilhões de euros em ações e as fabricantes de equipamentos de telecomunicações unirão negócios no próximo dia 14.

A autoridade francesa do mercado acionário informou que resultados provisórios mostraram que Nokia iria deter cerca de 79% das ações da Alcatel.

Segundo divulgou a agência de notícias Reuters, as ofertas na França e nos Estados Unidos serão reabertas neste mês e os resultados finais serão publicados em fevereiro. A Nokia reiterou que o acordo deve ser fechado no primeiro trimestre deste ano.

“Vamos agir rapidamente para combinar as duas empresas e executar nossos planos de integração”, disse o presidente-executivo da Nokia, Rajeev Suri, em comunicado.

A aquisição Alcatel levará a Nokia a ter uma posição mais forte para competir com a sueca Ericsson e a chinesa Huawei no mercado de equipamentos de rede de telecomunicações, cujo fraco crescimento e a dura concorrência estão pressionando os preços.

*Reportagem de Jussi Rosendahl, da Reuters

Nenhuma ligação com a Alcatel-Lucent Enterprise

Para quem tem dúvidas em relação à correlação com a Alcatel-Lucent Enterrise (ALE), vale destacar que a ALE não tem nenhuma ligação com a Alcatel-Lucent (que teve o comando assumido pela Nokia, como divulgado em nota acima).

A francesa ALE International, que atua sob a marca Alcatel-Lucent Enterprise já completou mais de um ano como empresa independente, desde 1º de outubro de 2014. Ela criou nova infraestrutura para operar como uma companhia completamente independente.

No Brasil, tem no comando Nuno Ribas, que no final do ano passado assumiu a vice-presidência de Vendas da ALE para América Latina.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor