Ericsson anuncia planos de aliança global com a Amazon Web Services

CloudData CenterGestão

A Ericsson anunciou planos para formar uma aliança global de serviços, tecnologia e comércio com a Amazon Web Services (AWS). O objetivo é acelerar a transformação da nuvem para provedores de serviços de telecom.

Novas tecnologias como banda larga móvel e nuvem tornaram o cenário mais competitivo. As principais empresas de telecom procuram capitalizar novas oportunidades, como a IoT e análise de big data e, ao mesmo tempo, utilizar as tecnologias mais modernas para se tornarem mais produtivas e reduzir os riscos.

A parceria com a AWS irá ajudar provedores de serviços a aproveitarem essas oportunidades, aumentar a convergência da infraestrutura móvel e nuvem e fornecer aos desenvolvedores e provedores novos recursos que aceleram a inovação e enriquecem a Sociedade Conectada.

Como parte do anúncio, a Ericsson está criando uma equipe global de especialistas focada nessa plataforma e criando centros de inovação em serviços de nuvem com clientes.

A empresa de telecom contribuirá com experiência de 25 mil engenheiros de pesquisa e desenvolvimento e 66 mil funcionários – sendo mais de 17 mil consultores e integradores de sistemas que fornecem 1.500 projetos por ano em todo o mundo. Ela desenvolverá centros de inovação para serviços de nuvem com provedores e já deu início à essa iniciativa com a operadora australiana Telstra, que hospedará o primeiro grupo no laboratório de inovação Gurrowa Innovation Lab em Melbourne, na Austrália.

A Ericsson usa os serviços e a experiência da AWS para trabalhar estritamente com provedores de serviço a fim de implementar uma estrutura de adoção de nuvem que se molde aos seus objetivos comerciais exclusivos.

As equipes serão compostas por diretores de programas, arquitetos de soluções e engenheiros de sistemas treinados nas tecnologias das duas empresas e trazem consigo uma ampla experiência de domínio de nuvem e do setor de prestação de serviços. Essa parceria busca acelerar a adoção de nuvens por meio de programas de transformação, consolidação de data centers e migração de aplicações.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor