MWC | Acer investe nas tecnologias para carros conectados e casas inteligentes

InovaçãoMobilidade
0 0 Sem Comentários

Entre os novos smartphones Liquid Jade 2 e Liquid Zest, a Acer apresentou em Barcelona uma série de soluções para os carros conectados, as casas inteligentes e educação.

Tudo com base no conceito de BYOC – Build Your Own Cloud para a rede IoB, Internet of Beings, uma rede centrada nos humanos focada na reunião global de inteligência. Parece muito futurista, não? O que a Acer pretende é focar-se nestas três áreas, carros, casas e educação, que acredita terem o maior potencial de aplicação das novas tecnologias.

No caso dos carros conectados, a novidade é a OTA+, uma solução open source que facilita a atualização para automóveis over-the-air. É feita em parceria com a Advanced Telematic Systems e a Acer diz que se trata de uma solução potenciada pelo conceito de construa-a-sua-própria-nuvem, para uma transferência segura e rápida de dados, validação e instalação de software. Estas soluções com standards abertos podem ser integradas em plataformas de software já existentes.

Também no MWC, a Acer está mostrando uma soluções de monitoramento remota de automóveis através da nuvem, e outra que controla os níveis de fadiga do condutor através de um capacete com sensor de ondas cerebrais – algo que já não parece tão fácil de aplicar na prática, mas que poderá ser útil para condutores de empresas de transportes.

Para as casas inteligentes, o que a Acer está demonstrando são soluções para cenários controlados a partir da plataforma central aBeing One, que conta com tecnologia de parceiros. Por exemplo, o reconhecimento facial com câmeras da Ambarella, monitoramento de condições de saúde com a Omron e Medisanté, e diagnósticos fornecidos de forma remota através do robô de telepresença Kubi, da Revolve Robotics.

Na educação, a Acer apresentou um kit para a Internet das Coisas chamado CloudProfessor, que consiste em hardware e software com tutoriais e módulos de aprendizagem. “O design oferece a flexibilidade da escolha na linguagem de programação, permitindo aos usuários começarem a aprender a programar diretamente em seus smartphones”, indicou a Acer.

No stand da marca em Barcelona, a parceira Alchemy também está mostrando novas aplicações para análise de ondas cerebrais. Quando o dispositivo é emparelhado com o smartphone com um app específico, consegue analisar os níveis de aprendizagem, emoções, estresse e atenção. Melhor: a Acer levou um carrinho por controle remoto que pode ser controlado com ondas cerebrais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor