MWC |recSMART, a câmera social para o painel do carro

InovaçãoMobilidade
0 0 Sem Comentários

Este ano, o Mobile World Congress também é feito de soluções tecnológicas para integrar nos carros. Uma delas é a recSMART, da empresa francesa RoadEyes, que diz ser “a primeira câmera social” para o painel do carro.

Eis como funciona: a recSMART liga-se ao smartphone por Wi-Fi e grava as viagens em alta definição. A RoadEyes quer criar uma comunidade online de “condutores conectados” e encorajar as pessoas a partilharem as viagens gravadas. Isto pode ser o início de uma epidemia de vídeos de sessões de karaoke improvisado ao volante, mas também de partilha de dicas para viajantes, documentação de acidentes e outros conteúdos. Não é necessariamente apenas para o entretenimento dos amigos.

“As pessoas hoje em dia estão hiperconectadas, mesmo quando viajam e vão de casa para o trabalho. Como o mercado não tinha um produto com uma combinação única de conectividade, mobilidade e componente social, vimos uma oportunidade para criar a recSMART”, explica o CEO da RoadEyes, Boris Brault.

A câmera tem GPS integrado, ângulo de gravação alargado (140º) e cartão microSD. Vai ser lançada em maio de 2016 por 199 euros, mas quem aderir à campanha de financiamento no Kickstarter pode adquiri-la por 99 euros.

“A solução combina produto, aplicação e serviços”, resume o CEO, caracterizando a recSMART como apropriada para consumidores e profissionais. A RoadEyes quer reposicionar-se como marca para a Internet das Coisas e este é um ponto de entrada; a intenção é “criar uma plataforma de recolha de conteúdos de estradas em todo o mundo para construir uma comunidade de condutores conectados.”

A câmera começa a gravar assim que o motor arranca, guardando o vídeo no cartão microSD. As imagens têm tags de geo-referenciação integradas e o giroscópio é ativado no caso de travagens bruscas ou colisões, o que automaticamente protege os ficheiros no cartão de eliminação acidental. A recSMART também registra dados sobre a posição, velocidade e localização dos veículos.

Os vídeos são guardados na nuvem através do aplicativo RoadEyes (iOS e Android), que vai oferecer conteúdos interessantes para viajantes e servir como rede social, com feed de notícias e tudo (“On the Road”).
E há interesse. A RoadEyes foi selecionada pelo BPI, UbiMobility e Business France como uma das oito empresas francesas mais inovadoras, com a oportunidade de apresentar as suas tecnologias a construtoras automóveis norte-americanas.

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor