Palo Alto Networks aumentou prejuízos apesar de crescimento das vendas

FirewallSegurançaVírus

A Palo Alto Networks apresentou resultados mistos para o seu segundo trimestre fiscal, registrando um aumento dos prejuízos mas batendo as expectativas dos investidores.

A empresa de cibersegurança teve prejuízos de 56,7 milhões de euros no trimestre findo a 31 de janeiro, acima das perdas de 39 milhões no mesmo período do ano passado. No entanto, as novas vendas (billings) dispararam 62% para 416 milhões, enquanto as receitas atingiram um recorde trimestral de 303,6 milhões de euros. Após a apresentação dos resultados, melhores que o esperado em Wall Street, as ações da Palo Alto Networks estiveram a subir 7%.

“Reportámos resultados fortes para o segundo trimestre fiscal, em todas as métricas, incluindo receitas recordes, que aumentaram 54% em relação ao ano passado”, comentou Mark McLaughlin, CEO da empresa. A Palo Alto Networks, que oferece uma “plataforma de segurança de nova geração”, tem agora 30 mil clientes no mercado global. “A segurança é um aspeto crítico da era digital e uma prioridade estratégica embebida em todas as decisões de tecnologia para as empresas e organizações em todo o mundo”, acrescentou McLaughlin, no comunicado de resultados.

Os serviços de subscrição da plataforma – Next-Generation Security Platform – foram os que mais cresceram neste trimestre, de acordo com os dados do diretor financeiro Steffan Tomlinson. “Os nossos resultados demonstram o compromisso em equilibrar elevado crescimento e rentabilidade com o aumento do cash flow do modelo híbrido SaaS.” A Palo Alto Networks vende produtos de segurança que podem coexistir com as plataformas já em utilização no cliente.

A reação aos resultados foi mista, com alguns analistas a considerarem que se tratou de um trimestre “estelar”, devido aos ganhos de quota de mercado, e outros especialistas a dizerem que se trata de números “terríveis” dada a hipervalorização da empresa em bolsa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor