Tianjun Tianhai vai comprar Ingram Micro por US$ 6 bilhões

EmpresasFinançasNegócios
0 0 Sem Comentários

A Ingram Micro manterá sua operação e irá acelerar investimentos estratégicos, incrementar sua expertise, recursos e alcance geográfico. A Tianjin Tianhai Investiment Company (Tianjin Tianhai) entrou em acordo definitivo de fusão pelo qual a Tianjin Tianhai irá adquirir a Ingram Micro por aproximadamente US$ 6 bilhões.

Ao final da fusão, a Ingram Micro será parte do HNA Group, baseado em Hainan, uma das 500 maiores corporações do mundo, de acordo com o ranking anual da revista Fortune, e líder nos setores de aviação, turismo e logística, e a maior acionista da Tianjin Tianhai.

O fechamento da transação está previsto para o segundo semestre de 2016, quando a Ingram Micro passará a operar como subsidiária da Tianjun Tianhai, consolidada sob o HNA Group, seu maior acionista. A Ingram Micro deverá continuar sediada em Irvine, na Califórnia, e o time executivo da distribuidora será mantido, com Alain Monié permanecendo na liderança como CEO. Todas as linhas de negócios da Ingram Micro e todas as operações nacionais e regionais terão continuidade e não deverão ser afetadas pela fusão.

“A Ingram Micro tem-se estabelecido claramente como líder em distribuição e provedor global de produtos e serviços de TI. Ao final da transação, ela deve se tornar a maior companhia do grupo em faturamento e facilitar o seu processo de internacionalização”, diz Adam Tan, vice-presidente do Conselho Diretor e CEO do HNA Group.

O executivo acrescenta que com a ajuda da Ingram Micro, o HNA Group deverá ter acesso a oportunidades de negócios em mercados emergentes, nos quais tem as mais altas taxas de crescimento e maior lucratividade. Contribuirá ainda para a transformação do setor de logística do HNA Group. Ou seja, de operador logístico para operador de cadeia de suprimentos, oferecendo serviços one-stop e ao mesmo tempo aumentando a eficiência.

“Nosso acordo para integrar o grupo HNA dá aos nossos acionistas um ganho financeiro vantajoso e em curto prazo, e nós esperamos que proporcione novas oportunidades para nossos fornecedores, clientes e associados”, destaca Alain Monié, CEO da Ingram Micro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor