Yahsat e TIM discutem colaboração para uso de satélite em banda Ka no Brasil

InovaçãoMobilidade

A Yahsat, operadora de satélites sediada nos Emirados Árabes Unidos, e a TIM Brasil estão discutindo o uso do satélite em banda Ka no país com início em 2017.

O objetivo da TIM é aproveitar a maior eficiência espectral e a redução de custos para viabilização de cobertura 3G e 4G com conexões de alta velocidade via satélite.

A capacidade em banda Ka da Yahsat será provida por seu terceiro satélite, o AI Yah 3, e cobrirá mais de 95% da população brasileira.

“A TIM está buscando, de forma rentável e eficiente, atender regiões com escassez de infraestrutura de telecomunicações, universalizando a oferta de dados no interior do país e reforçando o importante papel da companhia para o desenvolvimento socioeconômico destas regiões. Para tanto, estamos discutindo com a Yahsat o uso da banda Ka no Brasil para backhaul e confiantes na plataforma técnica e operacional da companhia para atender nossa demanda futura. Ficamos bastante satisfeitos com a experiência que a Yahsat vem demonstrando no uso desta tecnologia, o que ainda é reforçado pelo fato da operadora ter situações reais de atendimento a clientes em banda Ka em regiões chuvosas, como na Nigéria. E é esse conhecimento que pretendemos estender para nossas demandas no Brasil”, afirma Marcelo Duarte, diretor de Wholesale da TIM Brasil.

O satélite Al Yah 3 está dentro do prazo programado para seu lançamento, em janeiro de 2017, e irá expandir a cobertura de banda Ka da Yahsat para o Brasil e ampliá-la na África, consolidando a estratégia da companhia de trazer satélites de banda larga, além de soluções em conectividade para vários mercados.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor