Equinix investirá US$ 4,5 bilhões em 4 novos data centers

CloudData CenterEmpresasFinançasNegócios

A Equinix, companhia global de data center, anuncia a construção de quatro novos data centers em São Paulo, Tóquio, Dallas e Sidney. O investimento totaliza mais de US$ 4,5 bilhões em 2016 e eleva a empresa para a soma de 150 data centers. O que significa que adicionará mais de 278 mil metros quadrados de espaço de colocation em 37 sites até o final do ano.

O objetivo da Equinix com a iniciativa é ampliar a capacidade de conexão das empresas com seus parceiros, clientes e colaboradores.

Steve Smith, presidente e CEO da Equinix, diz que as companhias estão, cada vez mais, reconhecendo que a interconexão é essencial para proporcionar uma experiência de usuário de qualidade, onipresente, com agilidade e que permita novos modelos de negócios e aumento da produtividade.

“Isso será ainda mais evidente à medida que as empresas usarem seus dados para suportar a Internet das Coisas. Continuar expandindo nossa plataforma de interconexão global significa que, para onde quer que as organizações cresçam, nós estamos lá”, afirma

Os quatro novos data centers adicionarão quase 4 mil racks em mais de 18 mil metros quadrados de espaço de data center. Isso leva a Equinix a um total de mais de 1,3 milhão de metros quadrados globalmente, aumentando a escala da plataforma Equinix em mais de 27% na comparação ano a ano.

Os novos data centers

São Paulo – O Data center SP3 da Equinix atenderá à demanda reprimida por colocation no estado de São Paulo, visto que o site da empresa em Tamboré está operando quase em seu máximo. SP3 dobrará a capacidade da companhia no Brasil, à medida em que mais empresas terceirizam os serviços de TI e adotam a nuvem.

Tóquio – O 5º data center Equinix em Tóquio, o TY5, ficará próximo ao TY3, perto do distrito financeiro da capital japonesa. Juntos, esses dois data centers reforçarão o ecossistema de serviços financeiros da Equinix e oferecerão uma gama completa de soluções premium de colocation, interconexão e suporte para a grande Tóquio, região metropolitana mais populosa do mundo.

Dallas – A região de Dallas-Fort Worth, nos EUA, tem sido um grande ponto de intercâmbio de redes de peering e internet, bem como um dos principais hubs de comunicação entre as Américas do Norte e do Sul. O site DA7 oferecerá suporte a empresas globais que necessitam de alta densidade de energia e conectividade neste mercado cada vez mais estratégico.

Sidney – O da Austrália, o SY4, permitirá que os clientes australianos continuem a se beneficiar de arquiteturas de cloud híbrida e assistência para proteção de dados de missão crítica. Além disso, o SY4 estará perto do centro comercial da cidade, com acesso ao cabo intercontinental Southern Cross Cable, que conecta a Austrália à região Ásia-Pacífico.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor