Estudo: Transformação Digital acelera crescimento nas PME

Negócios
0 0 Sem Comentários

As pequenas e médias empresas (PME) que já adotaram a tecnologia digital apresentam um crescimento mais rápido em comparação com as que ainda não o fizeram. Esta conclusão encontra-se patente num novo estudo revelado pela SAP, que analisou os dados de 3.210 inquiridos de 11 países, que trabalham em empresas com 10 a 999 colaboradores.

O estudo, conduzido pela IDC, indica uma forte tendência das PME em todo o mundo para compreenderem e beneficiarem do valor do software de análise, software colaborativo e de gestão da relação com o cliente (CRM), que as ajudam não só na simplificação de suas operações, como também a competirem com as empresas de maior dimensão.

As conclusões mais significativas deste estudo sobre as taxas de adoção e os benefícios que as PME estão experienciando através de tecnologias digitais incluem:

  • Mais de 39 por cento das PME em todo o mundo concordam que “a participação ativa na economia digital será essencial para a sobrevivência da sua empresa nos próximos três a cinco anos”.
  • As PME em que a receita cresceu 10 por cento ou mais no último ano dizem que estão “bem encaminhadas na aplicação da tecnologia de conexão entre pessoas, dispositivos e empresas” – representando mais de um terço de todas as PME na pesquisa e mais de 45 por cento das PME com 500 a 999 colaboradores.
  • Pelo menos 50,6 por cento das PME inquiridas em todo o mundo utilizam software colaborativo como resultado da sua transformação digital, fazendo desta tecnologia a mais utilizada pelas PME. Os softwares de CRM e de análise foram os seguintes na lista dos mais utilizados, com pelo menos 38 por cento e 37 por cento das PME em todas as regiões a utilizar a respetiva tecnologia.
  • Entre 52,5 por cento e 60,2 por cento das PME inquiridas afirmam que “as novas soluções de tecnologia permitiram-nos começar ou continuar corrigindo o fluxo de trabalho e os processos de simplificação das operações e de melhoria da produtividade”.

Este estudo revelou ainda que as PME estão conscientes de determinados riscos e desafios associados à transformação digital. Muitas dessas preocupações foram mais frequentes nas PME da América do Norte, Ásia-Pacifico e EMEA (Europa, Médio Oriente e África). Aproximadamente um quarto (24,7 por cento) das PME na América do Norte, por exemplo, afirmam que têm “feito pouco ou nenhuma atividade” em relação à sua transformação digital. Outras revelações do estudo no que aos riscos e desafios da transformação digital diz respeito são:

  • Cerca de um terço (entre 30,4 a 36,6 por cento) das PME inquiridas concordam que “as relações pessoais entre os colaboradores da empresa não têm sido fortalecidas pela adoção da tecnologia”, com as PME de maior dimensão a concordarem ainda mais.
  • Entre 35 e 45 por cento das PME inquiridas estão “preocupadas com a dependência excessiva em relação aos dados na tomada de decisões acertadas”. Esta preocupação foi mais frequente nas PME de maior dimensão.

“A principal conclusão que se destaca deste relatório é que a transformação digital também tem um grande impacto nos pequenos negócios a nível mundial”, afirmou Rodolpho Cardenuto, presidente, Global Channels & General Business da SAP. “O nosso portefólio – SAP Business One, S/4HANA edição SAP Business All-in-One e a experiência digital de cliente, SAP Anywhere – é a base digital para as PME prosperarem na nova transformação digital de hoje. Está comprovado que as empresas que utilizam estas tecnologias têm uma operação mais simples e um crescimento mais rápido. Também é evidente que as conexões pessoais e os instintos de negócio continuam desempenhando um papel importante no momento de tomar a decisão certa. As PME deveriam pensar sobre este percurso para a era da transformação digital, combinando o melhor dos dois mundos.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor