Governo pernambucano e Microsoft unem esforços em educação e inovação

EmpresasNegócios

O governador Paulo Câmara assinou protocolo de intenções com a multinacional Microsoft, para promover uma série de ações nos campos da educação, empreendedorismo e inovação. Com a parceria, a norte-americana colocará tecnologia de ponta e conhecimento técnico à disposição da Rede Estadual de Ensino.

ONGs e startups locais também serão beneficiadas, de acordo com a Microsoft, que também firmou novos convênios entre a instituição, a Prefeitura do Recife e o Porto Digital. Ao todo, a iniciativa vai beneficiar cerca 800 mil alunos e 36 mil professores, em 1,2 mil escolas.

“A parceria com a Microsoft representa para nós um amplo investimento na educação, no empreendedorismo e na inovação. Devido à experiência que temos nesse tipo de parceria, a empresa verificou a oportunidade de disponibilizar as ferramentas que vão ajudar na qualificação de professores e no aprendizado dos nossos estudantes”, destacou Câmara.

Ele acrescenta que o acordo vai ainda oferecer condições que contribuem para o desenvolvimento da capacidade de empreender e inovar. “Queremos que os nossos alunos e professores tenham acesso ao que há de mais moderno no Mundo”, frisou.

Um dos pontos desse acordo assegura aos alunos da rede pública o acesso à plataforma de produtos Microsoft, incluindo licenças de tecnologias da marca, como o Office 365 Educacional, com Word (editor de textos), Excel (planilha de cálculos), PowerPoint (apresentação de slides), OneNote (bloco de notas) e o OneDrive (armazenamento).

Empresas iniciantes serão beneficiadas com o BizSpark, que oferece acesso à tecnologia e à nuvem Microsoft, para criação de aplicações e hospedagem de dados e transações, além de suporte técnico, treinamento e gerenciamento de negócios durante três anos.

Paula Bellizia, presidente da empresa no Brasil, afirmou que educação e empreendedorismo são motores de desenvolvimento social e econômico. Para a gestora, esses dois pontos impulsionam a geração de riqueza e inovação para o País. “O nosso interesse é fomentar o empreendedorismo em Pernambuco, suportar todo o processo educacional, para que a gente gere riqueza, valor, motor de crescimento e desenvolvimento social”, assegurou.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor