Prefeitura de Fortaleza e Microsoft vão levar tecnologia avançada ao pequeno empreendedor

EmpresasFinançasNegóciosStartup
0 0 Sem Comentários

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, assinou hoje (08) acordo de intenções com a Microsoft Informática. A iniciativa possibilitará o acesso à tecnologia de ponta para pequenos empreendedores, além de oferecer capacitação e estimular a inovação no município. Com o acordo, a Microsoft oferecerá conteúdos de capacitação básica em

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, assinou hoje (08) acordo de intenções com a Microsoft Informática. A iniciativa possibilitará o acesso à tecnologia de ponta para pequenos empreendedores, além de oferecer capacitação e estimular a inovação no município.

Com o acordo, a Microsoft oferecerá conteúdos de capacitação básica em Tecnologia da Informação (TI) que poderão compor a grade curricular a ser oferecida por programas do município e disponibilizar conteúdo gratuito online de capacitação em TI.

De acordo com a consultoria global e empresa de pesquisas IDC, cerca de 40% das empresas brasileiras têm dificuldade em encontrar pessoal qualificado para preencher suas vagas, sendo que no país quase 18% dos jovens estão desempregados.

“A intenção é que a partir desse acordo com uma das maiores empresas de tecnologia do mundo o município firme uma parceria para criação de um programa municipal de startups em Fortaleza”, pontuou o titular da SDE, Robinson de Castro.

O setor de serviços em TI cresce quatro vezes acima do PIB nacional e deve liderar o crescimento desse setor, com mais de 1 milhão de oportunidades de trabalho (1.216.000) em diversas regiões do País, segundo a IDC Brasil.

Milton Larsen Burgese, diretor de Setor Público da Microsoft Brasil, diz que na empresa há um compromisso de longo prazo com o desenvolvimento e a competitividade do Brasil. “Por isso, essa parceria com a Prefeitura de Fortaleza é fundamental para ampliarmos a atividade empreendedora na cidade”, completa, acrescentando que a Microsoft também contribuirá com o ecossistema local ao oferecer nossos programas de apoio às startups que contemplam várias das fases da jornada empreendedora de uma empresa.

O acordo prevê, ainda, possibilidade de adesão ao Programa BizSpark de fomento ao empreendedorismo e desenvolvimento de empresas iniciantes (startups), que inclui acesso a software Microsoft de alta tecnologia, suporte técnico, treinamento de negócios e gerenciamento e visibilidade para startups que se enquadrem no regulamento do programa, com duração de três anos. Também será oferecido acesso à ferramenta Windows Azure, uma plataforma na nuvem para criação e desenvolvimento de programas e serviços, facilitando a disponibilização de produtos/serviços de startups no mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor