Windows 10 chega a 270 milhões de usuários em oito meses

EscritórioMobilidadePCSistemas Operacionais

A Microsoft deu ontem números frescos sobre a adoção da última versão do seu sistema operativo, Windows 10: desde que foi lançado, em julho de 2015, o SO foi instalado em 270 milhões de dispositivos.

Os dados foram revelados pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante a apresentação de arranque do Build 2016, o evento anual de programadores que decorre em São Francisco. “O Windows 10 está tendo uma fase inicial incrível”, disse o responsável, revelando que o sistema é agora “a versão do Windows com mais rápida adesão de sempre”, tanto para consumidores como para clientes empresariais.

Embora o sistema seja gratuito para quem tem a versão anterior, isto significa que muitos usuários também compraram o upgrade, já que o Windows 8 foi considerado um flop pelos consumidores e muitas empresas não o adotaram. Em janeiro, foi ultrapassada a fasquia de 200 milhões de instalações, algo que colocava o Windows 10 num ritmo de crescimento 400% superior ao do Windows 8, em 2012.

A Microsoft informou, aquando do lançamento do Windows 10, que o upgrade só seria gratuito durante um ano e que este será o “último” novo Windows. A partir daqui, as inovações será incrementais e constantes, e o próximo update chega em breve.

Update de aniversário

Um dos anúncios do dia na Build 2016 foi que a Microsoft vai lançar uma versão atualizada do Windows 10 no verão, para assinalar o primeiro aniversário. O kit de desenvolvimento (SDK) dará aos programadores a opção de trabalhar com cerca de mil novas funcionalidades, revelou o vice-presidente de Windows Yusuf Mehdi. Entre as novidades, estão updates ao Windows Hello (sistema de autenticação biométrica), Windows Ink (para o uso de “canetas” digitais) e Windows Gaming.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor