Zuckerberg vai à China na mira do blindado mercado chinês para redes sociais

e-MarketingEmpresasFinançasNegóciosPublicidade
0 0 Sem Comentários

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, encontrou-se ontem (19) em Pequim com Liu Yunshan, chefe da propaganda no país, em uma ofensiva para entrar em mercados nos quais a rede social não pode ser acessada.

O raro encontro, informado pela agência de notícias estatal Xinhua, sugere que as relações entre o Facebook e o governo chinês estão melhorando, mesmo com a censura e controle de Pequim sobre a internet.

Liu, que participa do Comitê Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês, o órgão máximo do governo, elogiou a tecnologia do Facebook e seus métodos de gerenciamento, disse a Xinhua.

Zuckerberg foi a Pequim para o Fórum de Desenvolvimento da China, uma conferência patrocinada pelo governo e que reúne importantes executivos e a elite política do país.

Segundo a Xinhua, Liu disse: “A China espera que o Facebook possa fortalecer laços, compartilhar experiências e melhorar o entendimento mútuo com as empresas de Internet chinesas“.

*Com informações da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor