Cabify chega ao Brasil em maio e vai disputar mercado com Uber

AppsEmpresasFinançasMobilidadeNegócios
0 18 Sem Comentários

A Cabify, empresa espanhola de transporte urbano via aplicativo, deve iniciar suas operações no Brasil a partir de maio, inicialmente em São Paulo. Dessa forma, amplia sua operação na América Latina, onde tem-se expandido desde 2012.

Criada em 2011, na Espanha, a companhia atua em modelo semelhante ao do norte-americano Uber, em que motoristas particulares são conectados a passageiros por meio de um aplicativo próprio da empresa. Em 2012, a Cabify lançou serviços no México, Peru e Chile e em 2014 estreou na Colômbia.

Daniel Velazco Bedoya, chefe das operações da Cabify no Brasil, diz que o lançamento da operação no País neste momento se deve a um cenário regulatório mais favorável, surgido depois que a prefeitura de São Paulo regulamentou o chamado táxi preto, que trabalha apenas com aplicativos.

“O Brasil tem possibilidade de ser a maior fonte de receita da empresa. Vai ter uma operação independente dos outros países na região”, disse Bedoya à Reuters, evitando comentar detalhes como projeções de mercado ou metas da companhia, mas citando a frota de 38 mil táxis da cidade como referencial.

Nas próximas duas semanas, a Cabify deve se instalar em escritório próprio em São Paulo, e vai operar por meio de motoristas autônomos, mas a empresa não descarta incorporar a seus serviços os táxis pretos recentemente autorizados a operar na cidade.

A empresa vai oferecer sistema de cobrança distinto do utilizado pelo Uber na formação dos seus preços. Em vez de uma espécie de leilão em que horários de pico e locais com grande demanda acabam elevando os preços das corridas, a Cabify vai atuar com sistema de tarifa fixa baseada na quilometragem percorrida.

*Com reportagem de Alberto Alerigi Jr., da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor