Como o SAS pretende revolucionar a analítica de marketing na nuvem

Business IntelligenceCloudData Storagee-Marketing

No SAS Global Forum, que acontece essa semana em Las Vegas, a empresa lançou a nova solução Customer Intelligence 360 – um hub de marketing digital que dará aos clientes uma visão total dos usuários, por meio de Software-as-a-Service (SaaS).

“Os desafios que as marcas enfrentam atualmente são experiências de consumidores fragmentadas”, afirmou Wilson Raj, diretor global da área de Customer Intelligence do SAS, em antecipação ao lançamento. Elas precisam recolher os dados de cada vez mais dispositivos, tomar decisões com base neles e entregar a melhor experiência possível. Mas como conhecer cada consumidor individualmente?

As empresas não têm tempo nem recursos para montarem algoritmos e modelos; então essa plataforma faz isso de forma automática e recomenda as melhores decisões com base nas recomendações de analítica.

É uma plataforma de software totalmente reinventada, segundo explicou o executivo. “Na verdade, desenhamos o núcleo de raiz. É isso o CI 360: um hub de marketing digital que permite aos responsáveis da área fazerem toda a gestão de dados, decisões e entrega da experiência com relação a cada cliente”, explicou o executivo. O SAS investiu pesado nessa plataforma, o que justificou o aumento de 33% no número de pessoas trabalhando na unidade de Customer Intelligence.

Não é por acaso que o SAS nomeia o produto dessa forma. A intenção é combinar todo o tipo de dados, gerados nos mais diversos contatos entre os consumidores e a marca, e formar uma visão abrangente que ajude a tomar decisões. Tudo na nuvem, em tempo real e com atualizações frequentes. “As nuvens de marketing não são novas, mas como é que entregamos soluções de forma rápida? A intenção é permitir às marcas usarem de forma quase instantânea”, referiu Wilson Raj.

O SAS irá direcionar essa oferta sobretudo ao mid market, mas espera atrair todo o tipo de empresas. “As pequenas empresas também querem esse tipo de capacidade analítica, no fundo é ganhar esse cliente”, referiu. “Mas acreditamos que irá abrir muitas oportunidades no mid market.”

No final, a intenção é revolucionar a experiência do consumidor, diferenciando as marcas.

Na fase inicial, o SAS CI 360 terá dois módulos centrais: 360 Discover e 360 Engage. Raj explicou à B!T que são módulos independentes. O Discover permitirá a identificação por meio de analítica de quem é o consumidor. É uma descoberta que entrega relatórios baseados em dados comportamentais em ambientes web e mobile, para entender os consumidores que interagem com a marca. “Não importa onde estão os dados, seja em redes sociais ou call center, conseguimos extrair a informação e garantir um perfil completo do consumidor”, frisou Raj.

O segundo módulo, Engage, permite à empresa ou marca sequenciar de forma analítica pontos de contato diversos. Por exemplo, analisar o que o consumidor olhou no site e fazer recomendações com base nesse comportamento; “permite aos usuários criar, orquestrar e otimizar as jornadas digitais do consumidor”, descreve o SAS. Mais módulos serão entregues ao longo do ano, tudo via Amazon Web Services.

Segundo o SAS, que em 2016 comemora 40 anos de existência, as principais vantagens desta plataforma são o analytics guiado, a liberdade de acesso aos dados, o conhecimento dos consumidores em múltiplos canais e insights de desempenho. “O marketing pode enxergar medidas vitais para o sucesso – não apenas as atividades que estão funcionando, mas quais conteúdos são mais efetivos, em quais segmentos de consumidores ele deve investir e qual a melhor sequência de ações para a experiência individual dos consumidores”, adianta o SAS.

O Global Forum é já o maior evento de analytics do mundo e junta nessa edição mais de cinco mil usuários e clientes. No total, entre presentes e participantes online, o SAS espera 30 mil pessoas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor