Oi expande proteção da rede na Região Centro-Oeste

EmpresasNegóciosOperadorasRedes

A Oi fechou acordo para utilizar a estrutura física e a capacidade de rede de empresas parceiras. O objetivo da operadora é ampliar a proteção da sua rede na região Centro Oeste. Na prática, o projeto, chamado de “swap” ou “compartilhamento de fibra ”, expande a capacidade de tráfego de dados.

Além disso, a iniciativa oferece uma terceira rota alternativa de tráfego (redundância), reduzindo de forma expressiva as interrupções dos serviços ocasionadas por obras de terceiros nesses estados.

A parceria prevê o uso de cerca de 790 km quilômetros de fibra óptica de uma operadora, nos trechos entre Rondonópolis (MT) e Mineiros (GO) e entre Rio Verde e Goiânia (GO). O projeto também utiliza a capacidade de rede de um trecho de 1.656 km de outra parceira, com o recebimento de 100Gb entre Porto Velho e Cuiabá e 200Gb entre Cuiabá e Rondonópolis.

Os serviços de comunicação de dados, banda larga e telefonia móvel de clientes do Mato Grosso e Rondônia, ocasionalmente afetados por duplos rompimentos, ficam mais protegidos. A proteção beneficia também os Estados do Acre e Mato Grosso do Sul, devido à rota da fibra que atravessa os três estados.

A Oi vem realizando uma série de ações preventivas, no intuito de evitar o eventual comprometimento dos serviços na região. A empresa conta ainda com equipes permanentes de manutenção.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor