Siemens inaugura Centros de Operação de Segurança Cibernética para proteger instalações industriais

EmpresasFinançasInovaçãoNegócios
1 9 Sem Comentários

A Siemens, empresa de engenharia elétrica e eletrônica, inaugurou seu Centro de Operações de Segurança Cibernética (CSOC) para a proteção de instalações industriais. É uma localização conjunta em Lisboa e Munique e uma em Milford nos EUA. No CSOC, especialistas em segurança industrial monitoram instalações industriais em todo o mundo para ameaças cibernéticas.

Essas medidas de proteção são parte dos amplos Serviços de Segurança de Instalação com os quais a Siemens apoia empresas no setor de fabricação e processamento, para encontrar ameaças de segurança que mudam constantemente e para aumentar a disponibilidade da instalação.

Esses serviços vão desde avaliações de segurança e instalação de medidas de proteção, tais como firewalls e proteção contra vírus até vigilância contínua de plantas com os Serviços de Segurança Gerenciados, que agora são oferecidos pelos próprios CSOCs.

Quando detectado aumento de risco, o cliente recebe um aviso antecipado e ainda recomendações de medidas preventivas proativa. As contramedidas baseiam-se na importância do incidente e do provável impacto sobre o negócio do cliente. Elas incluem modificação de regras de firewall ou fornecimento de atualizações para fechar lacunas na segurança.

A Siemens também fornece perícia de incidentes de segurança. Assim, as empresas ficam em condições de preparar relatórios que estão de acordo com normas internacionais, tais como ISO 27002 ou IEC 62443.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor