Fusão Dell e EMC resulta na empresa Dell Technologies

EmpresasNegócios

A fusão entre a Dell e a EMC vai dar origem a uma nova empresa, Dell Technologies, que irá combinar as marcas, divisões e capacidades dos portfólios das duas organizações.

A novidade foi anunciada pelo chairman e CEO da Dell, Michael Dell, durante uma apresentação no evento anual EMC World, que está a decorrer em Las Vegas. “A nossa visão é uma família de negócios alinhada estrategicamente para juntar toda a infraestrutura dos clientes, desde o hardware ao software e serviços, das pontas ao centro e à nuvem”, disse o responsável. A Dell Technologies será o “chapéu” que cobrirá todos estes negócios.

Isto abrange a divisão de computadores e as marcas associadas, como a VMware, SecureWorks, Pivotal, Virtustream e RSA.

“A Dell Technologies vai criar mais valor para os clientes e parceiros que qualquer outro fornecedor existente de soluções tecnológicas”, desafiou Michael Dell. “Vamos ser mais ágeis e inovadores, vamos oferecer produtos e soluções de classe mundial aos clientes de todos os feitios e tamanhos.” O CEO sublinhou que as duas empresas, Dell e EMC, partilham qualidades culturais e intelectuais, além de linhas de produto complementares.

Como parte desta nova entidade, irão operar ainda duas sub-marcas. No negócio enterprise, vai ser criada a sub-marca Dell EMC, incluindo produtos e soluções vendidos de forma direta ou através do canal. A sub-marca Dell será usada nas soluções de cliente para consumidores, empresas e entidades institucionais.

A equipa de integração da EMC, que foi comprada pela Dell em outubro do ano passado, está agora a trabalhar na identidade visual da nova empresa e das sub-marcas, que será revelada quando a transação for oficialmente concluída. Os termos finais ainda têm de ser aprovados pelos acionistas da EMC.

A Dell Technologies será a maior empresa tecnológica privada do mundo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor