WhatsApp entra com recurso contra bloqueio do aplicativo

AppsGestãoLegalLegislaçãoMobilidadeOperadorasRedesRegulaçãoSmartphones

A empresa WhatsApp recorreu, no final da tarde desta segunda-feira (2/5), da decisão do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), que ordenou às operadoras de telefonia fixa e móvel a bloquear o aplicativo por 72 horas, a partir das 14 horas de hoje (2/5). A informação foi divulgada pelo site Folha de São Paulo.

O veículo cita o comunicado no qual a WhatsApp demostra seu desapontamento com o ocorrido: “Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio do WhatsApp no Brasil”.

E prossegue o comunicado: “Essa decisão pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar, administrar os seus negócios e muito mais, para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos”.

Ainda que a WhatsApp tenha recorrido da decisão no final da tarde de hoje, o serviço do aplicativo segue bloqueado e assim permanecerá por 72 horas, a contar de hoje, a partir das 14h, até que alguma liminar ou nova ordem reverta a situação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor